Globo vai lançar competição de eSports para estudantes de 15 a 17 anos

Por Thaís Augusto | 12 de Junho de 2019 às 08h27
Divulgação / JEE

Estudantes de todo o país poderão participar do campeonato Jogos Escolares Eletrônicos (JEE) com disputas em duas modalidades: Pro Evolution Soccer (PES) e Just Dance. O campeonato foi criado pela Unidade de Esportes do Grupo Globo em parceria com a agência de marketing esportivo Octagon Brasil e patrocínio da Oi.

Podem participar estudantes com idade entre 15 e 17 anos de escolas de todo o país, mas apenas jogadores amadores podem se cadastrar. O JEE começa a receber inscrições em julho e a final será disputada em novembro deste ano.

Tanto o cadastro de alunos e escolas quanto as competições serão realizadas no ambiente virtual. No momento da inscrição, estudantes precisam apresentar uma autorização dos pais ou responsáveis, além de um comprovante da situação escolar.

De acordo com o Grupo Global, o objetivo do JEE é "fomentar ainda mais o cenário das competições de jogos eletrônicos – eSports – no país e contribuir para a formação e descoberta de novos talentos". Além disso, a competição deve "reforçar o papel dos jogos eletrônicos como ferramenta de transformação e socialização, abrindo oportunidades para jovens de todo Brasil", comentou a empresa em comunicado.

Grupo Globo vai lançar competição de eSports para estudantes entre 15 e 17 anos

"Os JEE vão trazer a temática da competição de jogos eletrônicos para o ambiente escolar, com a proposta de celebrar a cena dos videogames, descobrir novos talentos e prestigiar os melhores players – independentemente de serem meninos ou meninas –, que vão representar suas escolas em finais estaduais e nacionais. Serão os primeiros degraus de um sonho possível, de um dia tornarem-se Pro-Players, participando das maiores competições nacionais e internacionais de eSports", afirmou o head de Novos Negócios da unidade de Esportes do Grupo Globo, Leandro Valentim.

Não é o primeiro movimento da emissora em direção aos eSports: atualmente, a Globo conta com o Prêmio eSports Brasil, a GameXP, a liga universitária TUES, o GG eSports Summit, o Blast Pro Series São Paulo e as iniciativas de conteúdo, como o quadro Start no Esporte Espetacular, e as principais transmissões de eSports do Brasil, como o CBLOL e o brasileirão de Rainbow Six Siege.

Nas duas modalidades escolhidas para o JEE, o Brasil tem campeões mundiais. No PES League, a referência é o paulista Guilherme "GuiFera", além de outros atletas com grande visibilidade. No caso do Just Dance, o carioca Diegho San é bicampeão mundial. Ainda de acordo com o Grupo Globo, o game está sendo adotado em escolas de todo o Brasil pelos benefícios físicos.

Dinâmica das competições

Depois de se cadastrar na plataforma, o jogador seleciona a modalidade em que quer competir e o sistema encontra um oponente de acordo com a experiência de cada um, de forma a garantir a competitividade entre os jogadores. Com o decorrer das partidas, os usuários começam a disputar colocações em um ranking e quem estiver melhor posicionado avança para as etapas seguintes.

As finais nacionais de cada modalidade serão disputadas de forma presencial em novembro, quando serão reunidos todos os campeões estaduais. A cidade-sede da grande final nacional será anunciada em breve, de acordo com o Grupo Globo.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.