Virgin Galactic estreia na Bolsa de Valores de NY nesta segunda (28)

Por Felipe Junqueira | 28 de Outubro de 2019 às 16h44
Virgin Galactic

A empresa privada espacial Virgin Galactic fez sua estreia na Bolsa de Nova York nesta segunda-feira, 28. Isso significa que a companhia passa a receber investimentos de acionistas que, por sua vez, cobrarão retornos financeiros.

Na semana passada, a fusão com a firma de investimentos Social Capital Hedosophia foi concluída, resultando na empresa que ficou oficialmente conhecida como Virgin Galactic Holdings, Inc. A Virgin Galactic, como continuará a ser chamada popularmente, oferece ações ordinárias, unidades e garantias.

O CEO da companhia, George Whitesides, celebrou o que chamou de fato histórico, já que a Virgin Galactic é a “primeira e única companhia de voo espacial humano com ações na bolsa”. O executivo ainda lembrou que, a partir de hoje, “qualquer pessoa tem a oportunidade de investir em uma empresa de voo espacial humano que está transformando o mercado”.

Em tuíte publicado na conta oficial da empresa, a Virgin Galactic divulgou uma foto de seu fundador, o bilionário Richard Branson, "celebrando o primeiro dia de venda de ações (...) um marco que coloca a Virgin Galactic em um caminho claro para dar início ao serviço comercial".

Agora a expectativa é que a Virgin Galactic, fundada em 2004, aumente os investimentos em pesquisas para construir naves mais modernas e apropriadas para o início das vendas de pacotes turísticos de voos ao espaço. A previsão é que os primeiros voos tripulados sejam realizados já no próximo ano.

Fonte: Virgin Galactic

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.