Vela solar LightSail 2 se comunica com a Terra e diz que está tudo bem

Por Patrícia Gnipper | 04 de Julho de 2019 às 16h44
The Planetary Society

Lançada ao espaço no final de junho, a nave LightSail 2, da Sociedade Planetária, já se soltou do veículo de transporte Prox-1 e enviou os primeiros sinais de volta ao controle da missão, mostrando que está tudo correndo conforme o planejado.

O CubeSat foi programado para deixar o Prox-1 exatamente sete dias após o conjunto alçar voo, e a LightSail 2 já implantou sua antena de rádio, iniciando a transmissão de dados quanto a seu status e integridade. Os primeiros sinais foram recebidos pelos controladores no dia 2 de julho.

Dave Spencer, gerente de projetos da LightSail 2, conta que a nave já está na órbita desejada para a navegação solar. Nestes próximos dias, a equipe verificará os sistemas da nave e tirará algumas fotos de teste (a LightSail 2 é equipada com uma câmera), antes que os painéis solares sejam instalados.

Depois, chega a hora de abrir a vela solar de 32 metros quadrados — mas quando exatamente isso vai acontecer, isso ainda não foi revelado. A Sociedade Planetária também colocará no ar um painel exibindo a telemetria da LightSail 2, onde mostrará sua posição no espaço e oferecerá previsões de seu caminho ao longo de sua trajetória.

Quando a nave implantar a vela solar, ela começará a ser impulsionada pelos raios solares, dispensando o uso de qualquer propelente — assim, a tecnologia inovadora idealizada por Carl Sagan será finalmente testada. A Sociedade Planetária pretende aumentar a órbita da nave gradativamente ao longo de um mês para testar a tecnologia ao máximo. A nave permanecerá em órbita por cerca de um ano, até que reentrará em nossa atmosfera, onde será totalmente queimada.

Fonte: Sociedade Planetária

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.