Pesquisadores buscam sinais de vida em candidato a planeta semelhante à Terra

Por Daniele Cavalcante | 30 de Junho de 2020 às 23h30
Sci-News.com

Uma equipe de pesquisadores está usando o Green Bank Telescope, o maior radiotelescópio orientável do mundo, para procurar por sinais de tecnologia alienígena no sistema Kepler-160, mais precisamente em um objeto candidato a planeta semelhante à Terra encontrado por lá neste ano.

Trata-se do mundo mais externo do sistema, batizado de KOI-456.04. Também conhecido como Kepler-160e, o objeto parece ser um pouco menos que o dobro do tamanho da Terra, e um período orbital de 378 dias. Aparentemente, ele está orbitando a estrela Kepler-160 na mesma distância da Terra ao Sol e recebe cerca de 93% da luz que a Terra recebe do Sol.

Em outras palavras, este mundo alienígena, encontrado nos dados do Telescópio Espacial Kepler, da NASA, está na zona habitável da estrela hospedeira e é um ótimo candidato para a busca por vida, mesmo com sua temperatura superficial estimada de -28 ºC. Este candidato a planeta semelhante à Terra “representa um alvo ideal para pesquisas de assinaturas de tecnologia”, disse Karen Perez, astrônomo da Universidade de Columbia.

Assim, Perez e sua equipe realizou o estudo como parte da pesquisa da Breakthrough Listen Initiative, o maior programa de pesquisa científica de todos os tempos no objetivo de encontrar evidências de civilizações alienígenas. A pesquisa procurou por emissão artificial de rádio associada ao sistema Kepler-160, mais precisamente as bandas de frequência de rádio de 1,1-1,9 GHz (banda L), 1,8-2,8 GHz (banda S) e 3,95-8 GHz (banda C). A busca é por assinaturas “dispersas artificialmente”.

O recém-descoberto candidato ao planeta KOI-456.04 e sua estrela Kepler-160 têm grandes semelhanças com a Terra e o Sol (MPS/René Heller)

De acordo bom a equipe, o Kepler-160 foi observado com o Green Bank Telescope “por três apontamentos de 5 minutos em cada faixa de frequência, começando em 14 de junho de 2020”. Os cientistas não encontraram nenhum sinal de rádio artificial do sistema planetário.

Eles disseram que missões futuras poderiam realizar observações do Kepler-160e para confirmar sua candidatura como planeta. Uma dessas missões é a PLATO, uma sonda espacial criada pela ESA que deve ser lançada em 2026 com o objetivo de fotografar mais de 100.000 estrelas e, principalmente, encontrar planetas semelhantes à Terra. Ela poderia ajudar também em quaisquer outras observações de rádio, de acordo com a equipe do Breakthrough Listen.

Além disso, os pesquisadores também esperam realizar pesquisas semelhantes a esta em outros sistemas e candidatos a exoplanetas (mundos que orbitam estrelas que não o Sol), “à medida que mais alvos de interesse sejam descobertos usando missões em andamento, como a TESS e a K2”. O artigo da equipe foi publicado no repositório arXiv.org, onde pesquisas são enviadas e aguardam revisão de pares para publicação em periódicos científicos.

Fonte: Sci-News.com

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.