Missão chinesa a Marte será lançada no final de julho

Por Daniele Cavalcante | 03 de Julho de 2020 às 17h00
CNSA

Além da missão Mars 2020 da NASA, a China também está prestes a lançar seu primeiro rover ao Planeta Vermelho. De acordo com o Centro Espacial de Xichang, o lançamento da missão Tianwen-1 Mars deve acontecer entre os dias 20 e 25 de julho, na ilha de Hainan, costa sul da China.

Este será o primeiro veículo espacial da China em Marte, e também a primeira missão interplanetária do país. O nome do rover é inspirado em um antigo poema chinês, e pode ser traduzido como “as perguntas celestiais” ou “perguntas ao céu”. A missão Tianwen-1 conta com um orbitador, um módulo de pouso e um rover, que deverá coletar amostras da superfície do planeta.

Logotipo da missão Tianwen-1 (Imagem: CNSA)

Todo esse pacote será lançado ao espaço em um foguete Long March 5 e deve chegar a Marte em fevereiro de 2021. A data é bem próxima ao provável dia de lançamento da Mars 2020 porque estamos no período em que a Terra e Marte estão alinhados na posição ideal para a viagem interplanetária. Caso alguma das agências perca essa janela de lançamento, terá que esperar até 2022.

Na verdade, a janela está prestes a se fechar. A NASA adiou o lançamento de sua missão por causa de problemas com o foguete Atlas V. Se tudo der certo para as duas agências, ambas as naves chegarão em Marte mais ou menos ao mesmo tempo.

A China ainda pretende lançar este ano a sonda lunar Chang'e 5. Na semana passada, o país também lançou o satélite final de seu próprio sistema de navegação Beidou, que fornece serviços semelhantes ao sistema GPS dos Estados Unidos.

Fonte: Mars Daily

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.