Índia cancela missão que faria do país o 1º a levar rover ao polo sul da Lua

Por Patrícia Gnipper | 16 de Julho de 2019 às 21h10
ISRO

A missão Chandrayaan-2, agendada para ser lançada no início desta semana pela ISRO (a agência espacial indiana), acabou sendo cancelada pouco antes da decolagem na segunda-feira (15). O motivo, de acordo com anúncio oficial, teria sido um "problema técnico" detectado no foguete, e por isso seria necessário adiar a missão que faria da Índia o primeiro país a levar um rover ao polo sul da Lua.

Uma nova data para o lançamento ainda não foi divulgada. O cancelamento provisório da Chandrayaan-2 é um baque para o programa espacial indiano; afinal, o país espera se tornar a quarta nação a pousar na superfície da Lua, depois dos Estados Unidos, Rússia e China.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

De acordo com a ISRO, a falha parece ter ocorrido no estágio criogênico do motor do foguete, e é possível que a agência espacial faça uma segunda tentativa de lançamento ainda em julho. Mas, de acordo com Pallava Bagla, editor de ciência da emissora NDTV, "mesmo que [o lançamento] seja adiado por um ano, não fará muita diferença" nos planos de a Índia ser o primeiro país a levar um rover ao polo sul lunar, pois nenhuma outra missão acontecerá rumo a essa região antes disso.

A Chandrayaan-2 é uma missão envolvendo US$ 141 milhões, e levaria consigo uma sonda orbital, um módulo de pouso e um rover, além de 13 cargas científicas indianas e um experimento da NASA. Como o lançamento foi cancelado antes que algo desse muito errado e causasse uma explosão, todos os equipamentos permanecem em segurança, aguardando uma próxima tentativa de voo.

O polo sul lunar é particularmente interessante por conter crateras que permanecem sempre na sombra, e há a presença de água nessas áreas. A ISRO prevê que esta nova e ambiciosa missão lunar dure cerca de um ano.

Fonte: Washington Post

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.