Filmagens originais da Apollo 11 na Lua estão à venda em leilão nos EUA

Por Patrícia Gnipper | 04 de Julho de 2019 às 22h40
NASA
Tudo sobre

NASA

Saiba tudo sobre NASA

Ver mais

No dia 20 de julho, exatamente no dia em que o primeiro pouso na Lua completará 50 anos, a casa de leilões Sotheby’s colocará à venda um lote com fitas originais contendo registros da missão Apollo 11, que foram obtidas por um estagiário da NASA nos anos 1970 que não tinha a menor ideia do que se tratavam as gravações, na época. O lote poderá ver vendido por cerca de US$ 700 mil.

Para além do valor histórico que tais gravações têm, a história do material em si é bastante curiosa. Em 1976, a NASA vendeu um monte de fitas de vídeo em um leilão de excedentes do Governo, e o estagiário Gary George comprou 1.150 bobinas de fitas de vídeo magnéticas por apenas US$ 217,77 — algo que equivaleria a mais ou menos US$ 1.200 na cotação atual do dólar.

(Foto: Sotheby’s)

Entre essas fitas, estavam 65 caixas de vídeo de alta qualidade Ampex, que eram caríssimas na época. O estagiário as comprou no leilão imaginando que poderia vendê-las para serem reutilizadas em uma TV local, e o fez com a maioria delas. Felizmente, ele decidiu guardar as fitas com os registros históricos da Apollo 11.

Então, em 2008, a NASA começou a procurar essas gravações, mas encontrou apenas cópias em seus arquivos oficiais. Foi aí que George reapareceu na história. Ele alega que não conseguiu chegar a um acordo com a NASA sobre o material, e a Sotheby’s explica que, naquele mesmo ano, George levou as fitas a um estúdio da DC que ainda tinha a tecnologia capaz de reproduzi-las — e então esta foi a primeira vez em que as fitas foram tocadas desde sua gravação original em 1969.

(Foto: Sotheby’s)

Milagrosamente, as fitas estavam em perfeitas condições, com qualidade de imagem muito superior às cópias armazenadas pela NASA. Os vídeos não foram reproduzidos novamente desde aquele ano, até que o pessoal da Sotheby’s as viram agora, em 2019, para confirmar sua qualidade às vésperas do leilão.

Se você tem muito dinheiro sobrando e deseja ser o novo dono desta parte importantíssima da história da exploração espacial, é só conferir o site da Sotheby’s e se preparar para acirrar as ofertas do leilão no dia 20 deste mês.

Fonte: Paleofuture

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.