Estação Espacial chinesa repleta de materiais tóxicos cairá na Terra em breve

Por Redação | 17 de Janeiro de 2018 às 16h25
Cosmoknowledge

A Estação Espacial chinesa chamada Tiangong-1 deve se chocar contra a Terra dentro de alguns meses. Fora de controle e repleta de susbstâncias tóxicas, como a hudrazina, que é altamente cancerígena, a queda da estação pode causar problemas graves ao planeta.

Segundo os cientistas, já havia sido previsto que o artefato, lançado em 2011, voltaria à atmosfera da Terra entre março e abril, mas na verdade ainda não há como definir a data exata em que isso pode acontecer. Especialistas esperam descobrir em breve em qual direção a estação espacial estará apontada para tentar minimizar o estrago.

Para evitar danos físicos e, claro, químicos, um grupo de cientistas chineses está considerando explodir a nave com raios laser, antes mesmo de ela adentrar a atmosfera terrestre. Normalmente, satélites costumam entrar em combustão assim que chegam à atmosfera, mas para o desespero dos cientistas esta não é a situação da Tiangon-1. Os chineses acreditam que, por ser tão grande, a nave chegará intacta ao solo ou a algum oceano da Terra.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Estimativas

Enquanto os chineses tentam desvendar quando o Tiangon-1 cairá, a Agência Espacial Europeia acredita que o impacto deve acontecer em algum local da Europa, entre a Espanha, França, Portugal e Grécia, e entre os dias 17 de março e 21 de abril.

O centro de pesquisas da Aerospace, Center For Orbital and Reentry Debris Studies, alerta que caso alguém encontre uma peça que possa ser da nave, não a toque de jeito algum e não tente inalar os vapores que possam ser emitidos por ali.

Como ainda não há uma data e nem localização certa para a queda, esta página começou a ser atualizada constantemente com as últimas informações descobertas.

Fonte: BGR

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.