Publicidade

Erro de digitação leva à descoberta de galáxia sem estrelas

Por| Editado por Patricia Gnipper | 19 de Janeiro de 2024 às 08h00

Link copiado!

NSF/GBO/P.Vosteen.
NSF/GBO/P.Vosteen.

Cientistas descobriram uma galáxia de luminosidade extremamente tênue, praticamente sem estrelas, graças a um erro de digitação nas coordenadas do telescópio Green Bank. O objeto parece feito apenas de gás disperso e deixou os astrônomos empolgados com a descoberta inesperada.

Durante uma calibração do Green Bank, os astrônomos responsáveis pelo observatório cometeram um erro ao digitar as coordenadas do objeto que escolheram como alvo. Para a alegria da equipe, o erro fez o telescópio apontar na direção de uma galáxia nunca vista antes.

Em uma apresentação no encontro anual da American Astronomy Society, os autores disseram que a história evolutiva da galáxia recém-descoberta não teria sido afetada por interações com outras.

Continua após a publicidade

Classificado como galáxia primordial escura, o objeto (batizado como J0613+52) é formado por um gás extremamente disperso. Qualquer estrela que teria surgido por lá é invisível, o que torna a galáxia extremamente difícil de ser detectada.

Apesar dessas características estranhas, a J0613+52 tem massa semelhante à da Via Láctea. Além disso, a quantidade de hidrogênio neutro nas duas galáxias é semelhante. A distância entre elas é de 260 milhões de anos-luz.

Os autores da descoberta esperam usar telescópios de maior resolução para determinar outras características, como tamanho, estrutura ou origem da galáxia.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Fonte: Live Science