Conjunção entre Lua, Saturno e Júpiter dá show no céu noturno; veja fotos!

Por Patrícia Gnipper | 03 de Agosto de 2020 às 19h15
Mauro Moraes

Nas noites de sábado (1º) e domingo (2), quem tirou um tempinho para observar o céu certamente se admirou com a conjunção entre a Lua e os planetas Saturno e Júpiter. Nosso satélite natural apareceu quase cheio, com 96% de iluminação — e a boa notícia é que esse encontro celeste no céu noturno pode ser observado novamente na noite desta segunda-feira (3), com o adicional de a Lua estar completamente cheia, desta vez!

Na astronomia, uma "conjunção" acontece quando, a partir de um único ponto de observação (no caso, a Terra), dois ou mais corpos celestes aparentam estar próximos um do outro no céu. Isso não significa que Júpiter e Saturno estão, de fato, próximos da Lua; apenas temos essa impressão. E como cada planeta tem seu próprio movimento orbital, ao longo da noite a posição deles acaba mudando no céu — valendo lembrar que, enquanto a Lua gira em torno da Terra, os demais planetas giram em torno do Sol, tudo isso a velocidades diferentes entre si. Mas a conjunção entre os dois planetas continua até o fim de setembro, com alterações em suas posições com o passar do tempo.

Com isso em mente, esta segunda-feira (3) é o melhor dia para admirar a bela conjunção de Saturno e Júpiter com a Lua, pois sua fase Cheia começa nesta mesma data. Depois, ela começa a ficar menos iluminada, atingindo a fase Minguante no dia 11 de agosto. A conjunção já é bastante visível a partir das 19h, olhando para a direção leste do céu, quando ele aparecerá desta maneira para observadores posicionados em São Paulo:

No início da noite, já podemos ver a conjunção da Lua com Saturno e Júpiter (Imagem: Patricia Gnipper/Canaltech)

E quem decidir olhar para o céu um pouco mais tarde, lá pelas 23h30, poderá ver também o planeta Marte surgindo logo acima da linha do horizonte, abaixo da conjunção Lua-Saturno-Júpiter.

Já próximo da madrugada, Marte aparece mais abaixo (Imagem: Patricia Gnipper/Canaltech)

Belas fotos tiradas por brasileiros

É possível ver a conjunção da Lua com Saturno e Júpiter a olho nu, mas quem tiver em mãos um telescópio (ainda que amador), ou ao menos um par de binóculos, certamente terá uma visão privilegiada, podendo até mesmo avistar os anéis de Saturno ou as luas galileanas de Júpiter — o que, claro, não pode ser visto da Terra somente a olho nu.

Muitos brasileiros que se maravilharam com essa conjunção no fim de semana já postaram fotos sensacionais em grupos de astrofotografia nas redes sociais, algumas tiradas com câmeras fotográficas, outras com telescópios. Então, confira uma seleção daquelas que mais chamaram a nossa atenção — e boa observação do céu nesta noite!

Nesta imagem, resultado de uma composição de fotos individuais, não vemos Júpiter, mas vemos Saturno, seus belos anéis e algumas de suas luas logo acima da nossa Lua praticamente cheia (Foto: Reprodução/Tiago Domezi)
Ao lado da Lua, Júpiter e algumas de suas Luas; abaixo, Saturno e seus anéis (Foto: Reprodução/Mauro Moraes)
Saturno e Júpiter aparecem como se fossem estrelas em destaque acima da Lua, nesta foto tirada em Palhoça, Santa Catarina (Foto: Reprodução/Lorizete Soares)
 Júpiter e suas luas parecendo estar ao lado da nossa Lua (Foto: Reprodução/Krishna Nunes)
O autor da foto ampliou a aparição de Júpiter e suas luas, destacando o quadro no centro da imagem (Foto: Reprodução/Antônio Eriveudo)
Mais um belo registro da conjunção Lua-Júpiter-Saturno (Foto: Reprodução/Tiago André De Almeida)
Outro belo registro da conjunção (Foto: Reprodução/Weslley Aaron Presley)
Júpiter abaixo da Lua, Saturno à direita (Foto: Reprodução/Pedro Sousa)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.