China revela nome e logotipo de sua primeira missão que enviará sonda a Marte

Por Daniele Cavalcante | 27 de Abril de 2020 às 22h45
CNSA

A China revelou o nome de sua primeira missão robótica rumo à superfície de Marte: Tianwen-1, palavra que pode ser traduzida como “as perguntas celestiais” ou “perguntas ao céu”. O termo é o nome de uma peça da coleção de poesia clássica do autor chinês Chu Ci.

Na obra Tianwen, Qu Yuan levantou uma série de “perguntas envolvendo o céu, estrelas, fenômenos naturais e mitos, expondo dúvidas sobre alguns conceitos tradicionais e o espírito de buscar a verdade”, de acordo com o serviço de notícias estatal Xinhua. A previsão de lançamento da missão é para julho de 2020, a partir de um foguete Long March 5.

Imagem: CNSA

Em fevereiro de 2021, a missão chegará a Marte e, após alguns meses, tentará implantar um satélite na órbita, além de pousar um rover na superfície do Planeta Vermelho. A Tianwen-1 tentará estudar a composição da atmosfera marciana, bem como buscar por sinais de vidas que, talvez, existiram por lá - ou quem sabe ainda existam.

O anúncio veio da Administração Espacial Nacional da China (CNSA), agência que comemorou o Dia Espacial do país na sexta-feira (24 de abril), que é uma homenagem ao 50º ano de lançamento do primeiro satélite chinês. Além do nome, que será usado em todas as missões de exploração planetária, também foi revelado o brasão oficial da missão.

Poucos detalhes sobre a missão foram divulgados, mas o módulo de pouso e o rover usarão paraquedas e airbags para pousar em um dos dois locais possíveis na região de Utopia Planitia. O rover ainda deve receber seu próprio nome em breve e foi desenvolvido para operar por pelo menos três meses terrestres quando estiver em Marte.

Fonte: Colletc Space

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.