Publicidade

Céu de junho | Alinhamento de planetas e Solstício são atrações do mês

Por| Editado por Luciana Zaramela | 01 de Junho de 2024 às 06h00

Link copiado!

Rakicevic Nenad/Pexels
Rakicevic Nenad/Pexels

Junho é um mês sem grandes surpresas astronômicas, mas haverá eventos de conjunção que podem recompensar os mais pacientes com belas observações. Um exemplo é o alinhamento dos planetas, visível no comecinho da manhã. 

Eventos astronômicos de junho

Alinhamentos planetários, chuva de meteoros e outros eventos celestes aguardam os observadores e entusiastas. Além disso, é neste mês que ocorre o Solstício de Inverno. Confira os detalhes abaixo.

Continua após a publicidade

Grande alinhamento (2 a 5/06)

No início de junho, será possível apreciar quase todos os planetas visíveis do Sistema Solar ao mesmo tempo, durante o amanhecer. Marte e Saturno serão facilmente visíveis a olho nu no horizonte, enquanto Mercúrio e Júpiter estarão na mesma direção, porém mais próximos do Sol. Isso significa que será preciso um horizonte livre de obstáculos para observar todos eles.

Vênus, o planeta mais brilhante, estará invisível, pois ficará do outro lado do Sol, impossibilitando sua observação. Urano e Netuno, como sempre, serão impossíveis de se observar a olho nu. Você pode tentar observar o alinhamento a partir do dia 2 de junho, por volta das 6h, mas tenha em mente que Mercúrio e Júpiter surgirão alguns minutos depois.

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Já no dia 5, o alinhamento pode ficar ainda mais interessante porque a Lua quase Nova estará bem pertinho de Mercúrio e Júpiter, formando uma conjunção espetacular. Contudo, assim como dito antes, a luz da alvorada pode atrapalhar a visualização. Tente encontrar o trio a partir das 6h, logo acima da linha do horizonte.

Solstício de junho (20/06)

No dia 20 de junho, às 17h50 (horário de Brasília), acontecerá o solstício, que é quando o Hemisfério Sul ficará com sua inclinação mais afastada do Sol. Enquanto isso, Hemisfério Norte estará mais próximo da estrela e terá o dia mais longo e a noite mais curta.

Por aqui, vivenciaremos o dia mais curto e a noite mais longa do ano, dando oficialmente início ao inverno.

Continua após a publicidade

Pico dos Bootids de junho (27/06)

A chuva de meteoros Bootids, associada ao cometa 7P/Pons-Winnecke, terá pico no dia 27 de junho, às 21h. Infelizmente, essa não é uma chuva famosa por um motivo: ela não produz muitos meteoros por hora. Geralmente, são registrados entre um e dois meteoros por hora, embora há outras ocasiões em que a quantidade aumenta bastante. Vale a pena tentar observar.

Fases da Lua

  • Lua Nova: 6 de junho, às 09h37
  • Lua Crescente: 14 de junho, às 12h18
  • Lua Cheia: 21 de junho, às 22h07
  • Lua Minguante: 28 de junho, às 18h53