Blue Origin procura profissional para guiar experiência turística espacial

Por Ares Saturno | 09 de Março de 2018 às 06h47

Um anúncio de emprego bem incomum foi visto na página da Blue Origin nesta quinta-feira (08). A empresa está buscando um gerente de experiências espaciais, profissional capacitado para proporcionar hospitalidade a turistas com muito luxo e diversão. 

Até aí, normal. O detalhe é que o profissional atuará com um público bem específico: turistas interessados em dar uma voltinha no espaço. Como os planos da empresa de Jeff Bezos incluem levar turistas às órbitas baixas da Terra daqui a um ano, faz sentido estar em busca de um gerente turístico, não é mesmo?

"Você será parte de um time altamente talentoso que passou por uma rigorosa bateria de testes, enquanto nós damos início a operações de um novo sistema de voos espaciais (...). Você criará uma oferta altamente diferenciada que culminará no cliente se transformando em um astronauta", diz o anúncio de emprego.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

As características procuradas incluem a compreensão do que um astronauta deseja e necessita, com intuito de fornecer aos viajantes espaciais a melhor experiência possível. Pessoas que trabalhem com vendas, marketing e experência do cliente são mais que bem vindas, desde que sejam graduadas, tenham mais de sete anos de experiência atuando na área de hospitalidade de luxo, possuam habilidades de comunicação interpessoal, planejamento, manjem um pouquinho de orçamento e tenham verdadeira paixão por servir aos clientes. Também é necessário ser um cidadão americano ou residente do país de forma permanente, com green card.

Além disso, podem contar como pontos a favor se você já trabalhou com gerência de grupos geograficamente diversos, em parceria com marcas luxuosas, tem MBA ou conhecimentos sobre protocolos de segurança.

Não há informações sobre qual seria o salário ou os benefícios ofertados, mas a Blue Origin diz no anúncio que possui valores baseados em equidade e ações afirmativas, portanto vai analisar todas as propostas sem qualquer tipo de preferências ou restrições por idade, etnia, cor, sexo, orientação sexual, identidade de gênero, país de origem, estado de gravidez, religão ou mesmo deficiências. Também há um aviso de antemão que a tolerância para assédio no ambiente corporativo da Blue Origin é zero.

E então? Hora de atualizar os conceitos de emprego dos sonhos, né?

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.