Astronautas saem do confinamento em módulo russo após vazamento de ar na ISS

Por Daniele Cavalcante | 25 de Agosto de 2020 às 15h45
NASA
Tudo sobre

NASA

Saiba tudo sobre NASA

Ver mais

Devido a um vazamento de ar na Estação Espacial Internacional (ISS), os tripulantes a bordo passaram o último fim de semana confinados apenas no segmento russo do laboratório orbital, o módulo de serviço Zvezda. A previsão era que ficassem lá até a segunda-feira (24), mas os astronautas tiveram que prolongar sua permanência no Zvezda por mais um dia, até a manhã desta terça-feira (25).

A ISS sempre tem um pouco de vazamento de ar ao longo do tempo, e existe uma rotina de pressurização que usa tanques de nitrogênio trazidos por naves de carga. O problema agora é que o vazamento está um pouco acima do normal - mas ainda dentro do considerado seguro, de acordo com as especificações da ISS.

Para que a NASA pudesse investigar o problema e detectar o módulo exato que apresentou vazamento anormal, todas as escotilhas da ISS foram fechadas. O Zvezda é um módulo confortável para uma tripulação de até três membros, já que ele foi o primeiro a acomodar astronautas no início da construção da ISS, fornecendo todo o suporte de vida necessário. E como, neste momento, há apenas três tripulantes na ISS, a acomodação foi confortável para todos.

Durante a segunda-feira, o trio "se concentrou principalmente na fotografia da Terra", de acordo com funcionários da NASA. "O segmento russo da estação tem uma variedade de janelas que a tripulação pode observar com equipamentos avançados de câmera para suas atividades de observação da Terra", disseram.

Agora que os dados necessários para a análise do vazamento já foram coletados, as escotilhas puderam ser reabertas. Na manhã desta terça-feira (25), Chris Cassidy (astronauta da NASA e comandante da Expedição 63, atualmente a bordo da ISS), e os cosmonautas russos Anatoly Ivanishin e Ivan Vagner, abriram as escotilhas entre o segmento russo e o americano, podendo assim voltar a se locomover livremente.

A equipe de suporte na Terra continuará avaliando a situação e ainda deve determinar as tarefas que serão concluídas pela tripulação ao longo da semana.

Fonte: NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.