Astronautas recebem malte para produzir cerveja na ISS

Por Felipe Junqueira | 10 de Dezembro de 2019 às 18h50
Reprodução/Flickr SpaceX
Tudo sobre

SpaceX

Saiba tudo sobre SpaceX

Ver mais

A SpaceX lançou um foguete com 3 toneladas de carga para a Estação Espacial Internacional (ISS), incluindo ingredientes para os astronautas produzirem cerveja no espaço. O lançamento da cápsula Dragon leva também ratos para estudos em microgravidade e um robô sensível aos sentimentos dos astronautas.

Esse foi o 19º lançamento da cápsula reutilizável Dragon, que agora soma mais de 43.000 kg de carga enviada da Terra para a ISS.

Um dos grandes destaques da carga são os grãos de cevada para os astronautas estudarem os efeitos da microgravidade no crescimento das plantas. Mas, diferente de outros experimentos de cultivo de plantas no espaço, este pretende ver como a pouca gravidade influencia no processo de maltagem dos grãos.

O estudo vai comparar o malte produzido no espaço com o produzido na superfície, e tem como objetivo descobrir se é possível utilizá-lo como fonte nutricional em viagens no espaço. Lembrando que maltagem não produz apenas cerveja, mas também alimentos.

Super Mouse

Outra carga curiosa enviada para a ISS contém 40 ratos, dos quais oito são chamados “Super Mouse” (em alusão ao desenho, sim) com o dobro da massa muscular. O experimento pretende ver como os ratinhos menos musculosos aguentam um mês no espaço em comparação com os mais fortes. No futuro, esse estudo pode ajudar os astronautas a manterem o físico mais saudável durante viagens espaciais.

Robô sentimental

E o terceiro destaque deste envio de cargas à ISS é o CIMON-2, um robô inteligente fabricado em impressão 3D preparado para reagir às emoções dos astronautas a bordo da ISS. Ele substitui um protótipo que passou pouco menos de um ano na ISS recentemente, e que também fora desenvolvido para mostrar empatia aos colegas humanos. O novo robô vai ficar até três anos a bordo da ISS.

E mais…

A cápsula Dragon também levou uma câmera especial, a Hyperspectral Imager Suite, para registrar imagens melhores do planeta Terra, identificando solo, rochas, gelo, vegetação e construções humanas, tudo para ajudar em possíveis missões exploratórias em nosso planeta.

Um satélite menor do que uma caixa de sapato, construído por estudante mexicanos, também foi levado, junto com o Robotic Tool Stowage (RiTS), um instrumento que vai ajudar o RELL a identificar vazamentos na estação mais rapidamente. Há ainda estudos sobre o comportamento do fogo no espaço e equipamentos para os astronautas manterem o físico em dia.

A carga chegou à ISS no último domingo (8), recebida pelos três astronautas americanos, dois russos e um italiano que estão atualmente a bordo da estação espacial. A Rússia também tem planos de enviar cargas próprias nesta sexta-feira (13).

Fonte: SpaceX, NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.