Asteroide Pallas pode ser o próximo alvo de estudo da NASA

Asteroide Pallas pode ser o próximo alvo de estudo da NASA

Por Patrícia Gnipper | 25 de Março de 2019 às 08h07
ESO

Enquanto está estudando de pertinho o asteroide Bennu com a sonda OSIRIS-REx, a NASA já se prepara para uma nova missão com destino a outro asteroide: o gigante Pallas, que é o segundo maior objeto do cinturão de asteroides entre Marte e Júpiter — estima-se que ele tenha dimensões de 558 x 526 x 532 quilômetros.

A missão se chama Athena e ainda precisa ser aprovada, com a decisão sendo anunciada em meados de abril deste ano. Se tudo der certo, Athena seguirá o caminho iniciado pela missão Dawn, que explorou dois objetos de grande porte no mesmo cinturão de asteroides (Vesta e Ceres, este último que hoje é considerado um planeta-anão, e não mais um asteroide) e que cuja missão foi encerrada em novembro do ano passado. "Pallas é realmente o único outro objeto no cinturão principal de asteróides que é como Vesta e Ceres; não é apenas um asteróide, mas um protoplaneta, um mundo real", declarou Joseph O'Rourke, cientista planetário da Universidade Estadual do Arizona e principal investigador da nova missão.

Se a NASA der o sinal verde, a missão Athenas será lançada em agosto de 2022 usando a força gravitacional de Marte como impulso para chegar mais rapidamente (e com economia de combustível) a seu destino, com previsão de chegada para 2023. A missão tem um orçamento previsto de US$ 467 milhões e a sonda com dimensões compactas faria um único sobrevoo no asteroide. Sendo assim, provavelmente não proporcionará tantas descobertas quanto a missão Dawn o fez, mas deve fornecer imagens e dados suficientes para se determinar se vale investir em uma missão de maior prazo para explorar Pallas com ainda mais afinco no futuro.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

As dimensões de Ceres, Pallas, Vesta e Juno em comparação com a nossa Lua

Fonte: Space.com

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.