Alinhamento de planetas acontece nesta semana; veja como observar

Alinhamento de planetas acontece nesta semana; veja como observar

Por Daniele Cavalcante | Editado por Rafael Rigues | 18 de Abril de 2022 às 17h30
stellarium.org

Um alinhamento planetário raro acontecerá em nosso céu noturno nos próximos dias. A partir desta segunda-feira (18), você poderá acompanhar todas as noites a aproximação dos planetas Vênus, Marte, Júpiter e Saturno ao Leste, durante os finais das madrugadas. E você ainda poderá ter a sorte de observar algum meteoro da chuva Eta-Aquáridas.

Embora o céu esteja nublado em algumas regiões durante este mês, as nuvens podem simplesmente desaparecer em questão de minutos para revelar um céu iluminado por estrelas como Alpha Centauri e o Triângulo de Verão (formado por Altair, Vega e Deneb) — alguns dos astros mais brilhantes depois da Lua.

Enquanto Vega estará no Norte por volta das 5h00, e Alpha Centauri ao Sul, você poderá encontrar os planetas visíveis a olho nu entre essas duas estrelas, ou seja, em direção ao Leste. O alinhamento entre Vênus, Saturno e Marte já vem acontecendo, mas Júpiter está chegando agora para nos encantar ainda mais.

Nessa mesma região, estará o radiante da chuva de meteoros Eta-Aquáridas, que costuma nos enviar algumas “estrelas cadentes” a partir do dia 19 de abril. Contudo, não espere por muitos meteoros, pois o pico desta chuva será apenas no início de maio. Se encontrar algum durante suas observações do alinhamento nos próximos dias, será um evento ainda mais raro.

O alinhamento planetário no dia 24 de abril, em São Paulo, com a aproximação da Lua e o radiante da chuva de meteoros Eta-Aquáridas (Imagem: Reprodução/Stellarium)

Uma das dificuldades para observar o alinhamento é o horário. Júpiter subirá pelo horizonte apenas por volta das 4h00, e ficará abaixo dos 20° (na grade de coordenadas azimutal) até o nascer do Sol. Isso significa que a atmosfera, ou mesmo a paisagem (prédios ou árvores, dependendo de onde você estiver) pode atrapalhar sua visão.

Por isso, o ideal é encontrar um lugar com horizonte livre de obstáculos. O melhor dia para observar a aproximação planetária é 24 de abril, quando Júpiter estará um pouco mais acima da linha do horizonte e a Lua também fará parte do espetáculo, acima de Saturno. O melhor disso é que será uma Lua Minguante, ou seja, seu brilho não deve atrapalhar muito os demais astros.

Nas noites de 30 de abril e 1° de maio, Júpiter e Vênus estarão em conjunção, enquanto Saturno e Marte ainda estarão alinhados, porém mais afastados. Com isso, acompanhar esses movimentos entre os dias 24 de abril a 1° de maio será ótimo para quem gosta de astronomia e quer entender melhor como o céu se comporta. Astrofotógrafos também poderão tirar proveito dessa oportunidade para imagens incríveis.

O evento culminará em uma conjunção entre Vênus e Júpiter, no dia 30 de abril (Imagem: Reprodução/Stellarium)

Para observar os quatro planetas, não será necessário nenhum instrumento, mas um bom par de binóculos para astronomia (7x50 ou superior) oferecerá uma experiência mais interessante, permitindo ver uma infinidade de estrelas na mesma região. Já os astrônomos amadores poderão observar as fases de Vênus, por exemplo, e também podem encontrar Netuno perto de Júpiter com a ajuda de um telescópio mediano.

Fonte: ScienceAlert, Stellarium

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.