Sucesso da Netflix, Sombra e Ossos só aconteceu por causa de um tweet

Por Beatriz Vaccari | Editado por Jones Oliveira | 12 de Maio de 2021 às 15h05
Netflix

Sombra e Ossos é a mais nova série de fantasia da Netflix adaptada de uma série de livros homônima da autora Leigh Bardugo, que vêm sendo publicados desde 2012. Sucesso instantâneo, o show chegou ao catálogo em 23 de abril e mesmo três semanas depois ainda permanece no Top 10 brasileiro do streaming. No entanto, o que muita gente não sabe é que a história quase não saiu dos livros para as telas.

Em matéria especial da Variety sobre o programa, Eric Heisserer, showrunner e produtor executivo de Sombra e Ossos, declarou que em 2016, em meio à boa recepção da crítica especializada a Arrival e uma possível indicação ao Oscar, procurou um meio de escapismo para equilibrar a mente com tantas informações ao seu redor. O cineasta estava se preparando para lançar o apocalíptico Bird Box, com Sandra Bullock, para a Netflix e então escolheu o livro Six Of Crows, de Leigh Bardugo, para procurar um pouco de entretenimento no tempo livre.

(Imagem: Divulgação / Netflix)

"Eu devorei [a leitura]", declarou o showrunner ao portal estrangeiro. "Eu absolutamente amo o mundo, os personagens e a vibe de tudo isso". Durante sua experiência lendo Six Of Crows, o cineasta publicou em seu Twitter uma mensagem de agradecimento à autora pelo universo e história abordados no livro.

"Estou na metade de Six Of Crows e saboreando cada página. Obrigado por este romance de assalto soberbamente elaborado", escreveu Heisserer.

(Imagem: Divulgação / Netflix)

Um ano depois, o cineasta recebeu uma ligação da Netflix, sem especificar o porta-voz à reportagem. "Eles disseram: 'Eric, sabemos que você gosta dos livros Grishaverse' e eu pensei, 'Como vocês sabem disso?'", relatou o showrunner. O diálogo aconteceu bem na época que a adaptação de Shadow and Bone (ou Sombra e Ossos, como foi distribuído no Brasil) estava nas mãos da DreamWorks há dois anos, mas sem sucesso em seu desenvolvimento, então acabou sendo negociado para a Netflix.

"Assim que conquistamos os direitos [de distribuição], mencionei o fato de Eric Heisserer ter lido os livros e ter tweetado sobre isso", disse a autora Leigh Bardugo à Variety. "Ele simplesmente era um roteirista indicado ao Oscar".

O fim da história a gente já sabe — Sombra e Ossos possui o certificado fresh no Rotten Tomatoes, atingindo índice de 86% de aprovação baseado em 64 publicações de críticos especializados. É claro que algumas mudanças foram feitas entre os livros e a adaptação, parte delas, inclusive, partiu diretamente de Heisserer, que durante o papo com a Variety revelou que "não tocaria a série a menos que também tenha a duologia Six of Crows".

(Imagem: Divulgação / Netflix)

O resultado foi uma alegria não só para o cineasta como também para os fãs dos livros. A Netflix adquiriu os direitos da sequência de Six Of Crows: o livro Crooked Kingdom e também The Language of Thorns, ou seja, toda a coleção de contos de Leigh Bardugo ambientados no Grishaverse. Dessa forma, Heisserer poderia aproveitar todos os personagens da história para trazer às telas, e assim o fez.

Sombra e Ossos tem atualmente uma temporada disponível na Netflix. Não há confirmação sobre uma possível segunda temporada.

Fonte: Variety

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.