Homem mata pais porque eles interromperam sua maratona de anime

Homem mata pais porque eles interromperam sua maratona de anime

Por Laísa Trojaike | Editado por Jones Oliveira | 27 de Julho de 2021 às 21h30
Fukuoka TNC News

A cidade de Fukuoka, no Japão, foi cenário de um assassinato no mínimo bizarro: um homem de 59 anos foi preso após ter percorrido quase todo o país para fugir da polícia. Junji Matsumoto tornou-se "famoso" na mídia japonesa após assassinar seus pais, de 87 e 88 anos, na noite do dia 20 de junho. O motivo? Eles atrapalharam sua sessão de anime.

“Era incômodo, sempre que eu assistia anime, meus pais me interrompiam. Eu não aguentava mais,” explicou Matsumoto em depoimento à polícia. A declaração foi divulgada pelos jornais locais, que também deram detalhes sobre a família. Além de viverem juntos, os pais recebiam suas respectivas pensões e necessitavam de cadeira de rodas para locomoção.

Imagem das câmeras de segurança, mostrando a fuga de Matsumoto (Imagem: Captura de Tela/Fukuoka TNC News)

O estopim para o crime foi um pedido do pai, que queria ir ao banheiro e pediu ajuda ao filho, mas o momento não era o ideal para Matsumoto: “Durante uma boa cena em um anime, meu pai me chamou várias vezes para cuidar dele”, disse o criminoso. “Porque ele reclamou de mim, eu o matei”. Após a discussão com o pai, enforcado com um cabo de eletricidade, a mãe também acabou assassinada.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Casa onde ocorreu o crime, na cidade de Fukuoka: corpos foram encontrados em freezers industriais (Imagem: Reprodução/Tokyo Reporter)

Três dias após o ocorrido, Matsumoto teria fugido de casa usando uma bicicleta e, depois, tentou desaparecer pegando trens para Shizuoka, Yamagata e, por fim, Akita. A perseguição foi iniciada quando os policiais encontraram os corpos das vítimas dentro de freezers industriais na residência.

Fonte: Kotaku, Tokyo Reporter

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.