Disney+ deve passar dos 200 milhões de assinantes em 2025

Por Felipe Ribeiro | 12 de Maio de 2020 às 11h52
Reprodução

Se há um mercado que podemos dizer que se beneficia com a pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) é o de entretenimento via streaming. Com as pessoas muito mais tempo dentro de casa, é natural que o uso desses serviços alcance níveis nunca antes vistos, principalmente aqueles que foram criados recentemente, como o caso do Disney+. Analistas, inclusive, avaliam que a plataforma deve chegar à incrível marca de 200 milhões de assinantes em 2025.

De acordo com Simon Murray, conceituado analista de números e pesquisas de TV, o serviço de streaming da gigante do entretenimento terá 202 milhões de assinantes espalhados por 138 países no ano de 2025. As estimativas antes do período pandêmico eram de 126 milhões de usuários, um pouco menos do que é previsto para um de seus concorrentes, o Amazon Prime Video, que deve chegar aos 141 milhões mesmo com a pandemia.

Além do Disney+ e do Prime Video, outras plataformas também tiveram seus prognósticos revistos. A Netflix, por exemplo, deve chegar à marca de 258 milhões de assinantes, acima dos 238 milhões previstos. Já o HBO Max e o Apple TV+, ao contrário das demais plataformas, tiveram suas previsões diminuídas, com a plataforma da Warner podendo chegar a 25 milhões (antes eram previstos 30 milhões) e da Maçã a 14 milhões (antes eram 26 milhões).

"Revisamos completamente nossas previsões para 138 países após a pandemia da COVID-19. Um grande impacto do bloqueio foi um aumento acentuado nas assinaturas de plataformas de vídeo em streaming", disse Murray em entrevista ao The Hollywood Reporter. Ainda segundo ele, a soma dos assinantes das cinco maiores plataformas de streaming deve alcançar 640 milhões de usuários pagantes em 2025.

Vale lembrar que o Disney+ chegou à marca de 50 milhões de usuários com pouco menos de cinco meses de existência, muito em função do isolamento social causado pela pandemia da COVID-19.

Fonte: CBR, The Hollywood Reporter

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.