Transformar cocô em energia limpa é o novo investimento de Bill Gates

Transformar cocô em energia limpa é o novo investimento de Bill Gates

Por Redação | 08 de Setembro de 2016 às 22h09
Reprodução

"Na natureza nada se cria, nada se perde; tudo se transforma", já dizia o químico Lavoisier, e pelo visto Bill Gates, fundador da Microsoft, tem levado isso em consideração na hora de investir em alguns projetos. Sustentabilidade é uma área de grande interesse para o empresário. Depois de apoiar o projeto que transforma lixo em água, dessa vez Bill Gates quer produzir energia limpa a partir de fezes humanas.

O projeto, intitulado "Nano Membrane Toilet", é um vaso sanitário criado por pesquisadores da Universidade de Cranfield, no Reino Unido, e conta com o apoio da Fundação Bill e Melinda Gates. O vaso possui uma membrana nanotecnológica que separa componentes dos dejetos das pessoas.

Seria uma solução também para o sistema de encanamentos, já que o Nano Membrane Toilet não precisa estar ligado a uma rede de esgoto. O processo de "reciclagem" dos dejetos acontece a partir do momento em que o usuário fecha a tampa do vaso, que é quando o sanitário começa a separar os resíduos. A parte líquida é purificada e pode ser usada em irrigação e limpeza e o que é sólido fica destinado a incineração. A energia oriunda do calor pode ser usada no reabastecimento do sistema do vaso sanitário ou inclusive recarregar dispositivos móveis.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O Cranfield Water Science Institute publicou um vídeo explicando o funcionamento da máquina que, de acordo com a descrição, chegou bem a tempo para o desafio "Reinvent the Toilet", da Fundação Bill e Melinda Gates.

Fonte: Cranfield Water Science Institute (YouTube)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.