TI como parte de tudo: seu negócio já abraçou a tecnologia?

Por Renato Ribeiro | 13 de Agosto de 2020 às 10h20
Unsplash

No século XVIII, médicos acreditavam que a velocidade de uma locomotiva poderia afetar o corpo humano. Como bem sabemos, isso nunca aconteceu, e espertos foram os que se “arriscaram” ao sair da zona de conforto experimentando o novo. Segundo especialistas, o mercado consumidor é formado por pessoas entusiastas, visionárias, pragmáticas, conservadoras e céticas. Como você se classifica?

Em 1995, ainda na adolescência – quando dei meus primeiros passos na informática –, eu juntava o dinheiro do lanche escolar e a renda de pequenos trabalhos domésticos para trocar peças do meu primeiro computador. Me recordo do sentimento ao abrir uma foto logo após substituir a placa de vídeo de 16 cores por uma da marca Trident 256 cores. Parecia que um novo universo de possibilidades se abria. E a placa de som da Sound Blaster? Só quem viveu isso pode entender o sentimento de evolução com o surgimento de novas tecnologias. O mundo saía do analógico para o digital e poucos surfavam nesta onda.

Recentemente, minha irmã caçula, que foi relações públicas, aeromoça e logo após mecânica de aviação, decidiu mudar de área de atuação em razão das instabilidades expostas pela pandemia. Ao ser consultado sobre qual área deveria apostar as suas fichas, sem titubear disse a ela: tecnologia da informação (risos). Não porque sou apaixonado pela área, mas sim porque TI se tornou parte de tudo e todos. Na área da saúde, nanotecnologia e biotech são a nova revolução. Alimentação repleta de smartfoods modificadas e turbinadas desde o plantio. Transporte, energia, fábricas… é a Revolução Industrial 4.0 que mescla computação avançada em todos os setores.

Se você ainda não adaptou o seu negócio para esta nova realidade, certamente corre grandes riscos de se tornar pouco competitivo e obsoleto. Procure um especialista que possa apoiá-lo(a) neste processo de digitalização. A nova onda é a predição do comportamento humano a partir de Inteligência Artificial baseada em aprendizado de máquina, modelada pelo cruzamento de dados diversos, os quais fornecemos continuamente sem percebermos. Deixe a tecnologia inspirá-lo(a), desafiá-lo(a), movê-lo(a), mudar de ideia e expandir sua realidade!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.