Análise aponta as 100 fintechs mais influentes de 2017

Por Redação | 20 de Novembro de 2017 às 13h13
público

Uma análise das principais fintechs feita pela KPMG em parceria com a H2 Ventures elencou as 100 principais organizações que tiveram influência no ano de 2017. O estudo comparativo levou em conta atributos como o crescimento do capital da empresa, capital total arrecadado, diversidade de setores e também das áreas geográficas atendidas pelos serviços ofertados, além de indicadores de quão inovador é o serviço e o modelo de negócios utilizado pelas companhias.

A lista é separada em duas sublistas menores: as 50 melhores fintechs já estabelecidas e as 50 melhores startups na área financeira.

Foram comparadas 41 empresas da Europa, Oriente Médio e África; 29 das Américas do Norte e do Sul; além de 30 companhias da Ásia e Oceania. Do total de 100, 32 empresas atuam com empréstimos; 21 com pagamentos; 15 com transações e mercados capitais; 12 com seguros; além de 20 empresas que atuam em outros ramos financeiros que não os citados.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A China continua como destaque no campo das fintechs, com 5 das 10 melhores selecionadas. Esse resultado é semelhante aos resultados de anos anteriores, quando o país asiático conseguiu destaque em fintechs voltadas para a atuação com pagamentos e seguradoras.

Quanto às fintechs brasileiras, o GuiaBolso, que no ano de 2016 apareceu na lista como startup e este ano está no hall das fintechs já estabelecidas, aparece na lista ocupando a 48ª posição. O NuBank, que atuava com cartões de crédito e lançou o serviço de contas correntes este ano, aparece na 16ª colocação da listagem de fintechs já estabelecidas.

Fonte: H2 Ventures

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.