E3 2019 | Battlefield V ganha novos mapas e vai ao Pacífico no Capítulo 5

Por Sérgio Oliveira | 08 de Junho de 2019 às 17h35
EA DICE
Tudo sobre

EA

Saiba tudo sobre EA

Ver mais

Battlefield V foi uma das principais atrações do EA Play 2019, evento organizado pela EA neste sábado (8) para apresentar suas principais novidades antes do início da E3 2019. E, pelo que foi mostrado, o FPS situado na Segunda Guerra Mundial ainda tem muita munição para gastar.

Prova disso é que o conteúdo do Capítulo 4, que já foi liberado para os jogadores, ainda não acabou e até julho os jogadores receberão pelo menos mais dois mapas multiplayer. O primeiro deles é Al-Sandan, uma adaptação do mapa apresentado na missão Por Conta Própria. Situado no norte da África, o mapa é bastante aberto, favorecendo a exploração e combate com caminhões, tanques e até aviões. Al-Sandan está programado para ser liberado ao público em 27 de junho.

Al-Sandan é um mapa mais aberto e que favorece o combate com veículos terrestres e aéreos
Al-Sandan é um mapa mais aberto e que favorece o combate com veículos terrestres e aéreos (Captura de tela: Sergio Oliveira)

O segundo mapa previsto para o Capítulo 4 é Marita, um pequeno vilarejo grego com ruas estreitas cercadas por casas e outras construções. Diferentemente de Al Sundan, aqui o combate é puramente de infantaria, com o jogador tendo de lidar com encontros repentinos com inimigos para defender ou tomar a posição. O lançamento de Marita está previsto para algum momento em julho.

Por fim, um terceiro mapa foi revelado pela DICE e pela EA: Operation Underground. Como o nome sugere, aqui o combate se passa abaixo da terra, nos túneis e estações de metrô. O design do mapa foi feito pelo mesmo designer de Operation Metro, de Battlefield 3, e embora o combate seja mais focado na parte subterrânea, também haverá uma área na superfície. Operation Underground ainda está em estágios iniciais de desenvolvimento e tem previsão de lançamento para outubro, entre os capítulos 4 e 5.

Guerra do Pacífico

Além desses novos mapas, a apresentação confirmou os primeiros detalhes sobre o Capítulo 5. Nesta nova leva de conteúdo, Battlefield V levará o jogador para a Guerra do Pacífico, mais especificamente em 1942, quando Estados Unidos e Japão entraram na Segunda Guerra e disputaram, palmo a palmo, as milhares de ilhas que se estendem por todo o Oceano Pacífico.

A ideia é reimaginar todo esse confronto, incluindo aí a histórica batalha de Iwo Jima. Inicialmente serão três mapas nesta nova campanha, e serão adicionados veículos anfíbios, essenciais para a exploração da região e decisivos na chamada "guerra molhada". Para fechar, também foi confirmado que o clássico rifle M1 Garand será adicionado ao arsenal de Battlefield V.

Capítulo 5 de Battlefield V se concentrará em representar a Guerra do Pacífico entre EUA e Japão
Capítulo 5 de Battlefield V se concentrará em representar a Guerra do Pacífico entre EUA e Japão (Captura de tela: Sergio Oliveira)

O Capítulo 5 de Battlefield V está previsto para ser lançado gratuitamente até novembro de 2019.

Gratuito no EA e Origin Access

Outra novidade importante anunciada pela EA é que a partir deste sábado (8) Battlefield V está disponível gratuitamente para os assinantes do EA Access no Xbox One e no Origin Access. Além disso, os jogadores de PlayStation 4 também poderão desfrutar do título assim que o EA Access chegar ao console.

A notícia é um reflexo direto dos números de vendas de Battlefield V, considerados pela Electronic Arts como "decepcionantes". Lançado em novembro de 2018, o FPS teve uma campanha de marketing bastante conturbada e se envolveu em algumas polêmicas, isso sem contar com a demora para o modo battle royale Fogo Cruzado ser lançado. Com as vendas fracas e com o título perdendo cada vez mais tração, apesar de receber conteúdos gratuitos constantemente, a saída encontrada pela EA para mantê-lo relevante provavelmente foi colocá-lo no cofre dos serviços antes do tempo.

No Brasil, a assinatura do EA Access no Xbox One custa R$ 19,90 mensais, ou R$ 109,90 anuais; enquanto o Origin Access sai por R$ 49,90 trimestrais, ou R$ 109,90 anuais para os PC gamers.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.