E-commerce brasileiro cresce 7,3% em volume de vendas, aponta Mastercard

Por Nathan Vieira | 15 de Agosto de 2019 às 09h34

A MasterCard divulgou os achados da mais recente edição do Mastercard SpendingPulse, índice que mede a atividade no varejo. Desta vez, a empresa percebeu que as vendas de e-commerce no Brasil cresceram 7,3% de junho de 2018 a junho de 2019, impulsionadas sobretudo por setores como farmácia, vestuário e eletrônicos.

No caso das vendas totais, houve crescimento de 0,5% de 2018 para 2019. Nessa categoria, entra tanto o e-commerce quanto as lojas físicas — com todos os tipos de pagamento. As únicas vendas que não se enquadram nisso são as de automóveis e materiais de construção. Enquanto vestuário, produtos farmacêuticos e itens pessoais e domésticos superaram as vendas totais, os setores de móveis, eletrodomésticos, supermercados e combustíveis acabaram ficando abaixo das expectativas.

No segundo trimestre de 2019, as vendas totais desaceleraram de 0,1% se comparadas com a situação do segundo trimestre de 2018. Por sua vez, no varejo online, as vendas cresceram 8% no segundo trimestre. “A confiança do consumidor está sendo testada devido à contínua incerteza econômica e política. Isso se reflete nas vendas no varejo, que eram essencialmente estáveis”, explicou César Fukushima, diretor de análise da Mastercard no Brasil, à Reuters.

Fonte: Reuters

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.