Com resultados mornos, eBay atinge expectativas e anuncia plano de investimento

Por Felipe Demartini | 24 de Outubro de 2019 às 15h45
Divulgação
Tudo sobre

eBay

Saiba tudo sobre eBay

Ver mais

O relatório financeiro do eBay, relativo ao terceiro trimestre de 2019, foi morno, apesar de estar de acordo com as expectativas do mercado. Ao apresentar seus números, o site de comércio eletrônico demonstrou um faturamento total de US$ 2,649 bilhões, exatamente o total registrado pela companhia no mesmo período do ano passado. A falta de crescimento estava dentro das previsões de analistas e da própria companhia, mas ainda assim, não empolgou ao mercado.

Por outro lado, e provavelmente ao contrário do que a empresa esperava, o anúncio de seus planos de investimento e crescimento para os próximos três anos também não causaram tanta comoção assim. Junto com o relatório financeiro, o eBay anunciou uma “quase” conclusão de uma revisão operacional completa, e agora, inicia os trabalhos em prol de um aumento nas margens e desenvolvimento de iniciativas voltadas para o consumidor.

Falta apenas uma avaliação de valores e oportunidades operacionais referentes ao StubHub, um site de venda de ingressos para eventos e esportes, e do Classifieds, um diretório online de classificados. Estas, assim como a análise completa da estrutura da empresa, vieram após pressão dos investidores por uma reestruturação e a venda de alguns dos negócios que pertencem à companhia. Nenhum anúncio desse tipo acompanhou o relatório e parece que, pelo menos por enquanto, tudo continua onde está.

De forma a afastar a ideia de que teria uma estrutura grande e, em partes, ociosa, o eBay demonstrou números. No terceiro trimestre de 2019, mais de US$ 1,1 bilhão foram pagos aos acionistas, entre recompras e dividendos, enquanto os ganhos por ação foram de US$ 0,67. O valor está acima da expectativa do mercado, que era de US$ 0,64, ao lado de um faturamento total de US$ 2,640 bilhões.

Houve pequeno aumento, ainda, no número de usuários ativos, com o eBay chegando a 183 milhões de compradores em todo o mundo, um total que aumentou 4% em relação ao ano passado. Entretanto, houve queda no faturamento oriundo de vendas, mas ela foi pequena, controlada e, de acordo com o relatório fiscal, esperada: a redução foi de somente 1%.

Os reflexos das novas iniciativas de crescimento podem aparecer já no quarto trimestre de 2019. Para os três últimos meses do ano, o eBay espera um faturamento que varie entre US$ 2,77 bilhões e US$ 2,82 bilhões, ao lado de ganhos por ação de US$ 0,73 a US$ 0,76. Já para o ano como um todo, a previsão é de um acúmulo total de US$ 10,75 bilhões a US$ 10,80 bilhões e dividendos de US$ 2,75 a US$ 2,78 por cota.

Apesar dos números dentro do esperado e considerados sólidos pela companhia, o mercado não pareceu de todo contente. Após fechar com leve alta de 0,6% no pregão desta quarta (23), as ações acumularam queda de mais de 8,5% ao longo das horas seguintes à divulgação do relatório, fora do funcionamento do mercado, e devem abrir esta quinta-feira (24) em baixa.

Fonte: eBay (PR Newswire)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.