Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Amazon Brasil vai passar a aceitar vendedores estrangeiros em seu marketplace

Por| Editado por Claudio Yuge | 15 de Junho de 2021 às 17h20

Link copiado!

Divulgação/Amazon
Divulgação/Amazon
Tudo sobre Amazon

A Amazon Brasil deve começar a oferecer em breve a opção para que usuários comprem de empresas estrangeiras a partir de seu marketplace. Isso será possível graças a uma parceria com a companhia uruguaia dLocal, anunciada oficialmente nesta terça-feira (15). Com isso, os consumidores devem encontrar uma variedade maior de produtos e de preços entre os nomes que operam na loja virtual.

Segundo Michel Golffed, vice-presidente sênior da dLocal, informou à Reuters, alguns vendedores internacionais já se juntaram ao marketplace e mais deles devem chegar conforme o recurso se expande gradualmente nos próximos dias. “Se olharmos para isso do ponto de vista do consumidor, eles têm acesso a compras com métodos de pagamento brasileiros e bens de vendedores de todo o mundo”, declarou.

Continua após a publicidade

Fundada em 2016, a dLocal integra serviços de pagamento locais e globais com foco em mercados emergentes. Segundo a companhia, um dos principais desafios de trabalhar com o Brasil é lidar com as regulamentações e marcos legais envolvidos na realização de pagamentos em dólares.

No entanto, o país continua atraente por representar o maior mercado de comércio eletrônico de toda a América Latina. Dados da Administração de Comércio Internacional dos Estados Unidos afirmam que, em 2019, aproximadamente 30% da população local fez pelo menos uma compra virtual, quantidade que tende a continuar aumentando.

Operando em 29 mercados — 13 na América Latina —, a dLocal já possui uma parceria com a Amazon para operar no Chile. Consultada pela Reuters, a empresa não respondeu se já está negociando para trabalhar de forma semelhante com o Mercado Livre, Cnova e B2W, que atualmente representam os maiores competidores da Amazon na região.

Fonte: Reuters