DJI anuncia novo ecossistema FPV e impacta o segmento de drones

Por Nathan Vieira | 01 de Agosto de 2019 às 22h10
Tudo sobre

DJI

Saiba tudo sobre DJI

Ver mais

A DJI, líder global na fabricação de drones civis e comerciais, acaba de anunciar seu novo ecossistema FPV, intitulado DJI Digital First Person Viewing Transmission System, cuja premissa é mudar o segmento de drones de alta velocidade. A empresa ainda realizou as apresentações do DJI FPV Goggles, do DJI FPV Remote Controller, do módulo de transmissão DJI FPV Air Unit e ainda de uma DJI FPV Camera.

Com isso, o próprio diretor de criação da DJI Europe, Ferdinand Wolf, trouxe à tona algumas explicações sobre o que está por trás da novidade: “Com a popularidade das corridas de drone crescendo, os competidores de FPV estão procurando a próxima tecnologia para acompanhar suas demandas. Como a única solução de transmissão de vídeo digital no mercado que funciona no mesmo nível do analógico, até superando-a em alguns aspectos, esperamos estabelecer um novo padrão para o FPV digital".

DJI traz ao mercado uma verdadeira safra de novos produtos, como DJI FPV Goggles e DJI FPV Remote Controller (Foto: Drone DJ)

O novo ecossistema da empresa oferece baixa latência de 28 milissegundos e vídeo HD para o usuário ter uma experiência com muito mais detalhe, resolução e nitidez do seu entorno, além de tornar muito mais fácil ver onde o seu drone FPV está em relação a quaisquer obstáculos.

Os compradores de plantão podem obter o novo ecossistema por meio de dois tipos de pacotes. O primeiro, que custa em torno de US$ 819 (o equivalente a cerca de R$ 3 mil), ganha o título de FPV Experience Combo e engloba FPV Goggles, 2 Air Units, 2 FPV Cameras e, de quebra, todos os fios e antenas necessários. Por sua vez, o outro pacote é um pouquinho mais caro, e também mais completo. Trata-se do FPV Fly More Combo, que traz FPV Goggles, Air Unit, FPV Camera, FPV Remote Controller e todos os fios e antenas necessários por US$ 929 (ou seja, R$ 3,5 mil). Confira o vídeo em que a DJI apresenta a nova safra de produtos:

Sobre os novos produtos da DJI

O novo FPV Goggles da DJI, além de ser menor e mais leve, também promete oferecer baixa latência de apenas 28 milissegundos e filmagem em HD 720p a 120fps. Para competidores, as imagens de corrida podem chegar até 720p a 60fps com o auxílio de um cartão micro SD. Uma característica do novo produto da DJI é que os usuários de óculos de grau não encontram dificuldade para se adaptar a ele.

DJI FPV Goggles é uma das novidades da líder global de na fabricação de drones civis e comerciais (Foto: Drone DJ)

Outra novidade da DJI é o DJI FPV Remote Controller, capaz de proporcionar baixa latência e vídeo HD para o novo Googgles de forma simultânea. O sistema usa a tecnologia de transmissão DJI HD Low Latency FPV (DJI HDL FPV Transmission), conhecida pela integração de um mecanismo de comunicação de dados bidirecionais com a proposta de fornecer controle integrado e, é claro, uma conexão com sinal estável.

O Air Unit, por sua vez, faz conexão diretamente com a FPV Camera e conta com um slot para inserir o cartão micro SD. Tanto o sistema DJI HDL FPV quanto ele próprio são equipados com oito canais de frequência de 5.8GHz. O que isso significa? Que até oito drones podem voar ao mesmo tempo em um único sistema. Ele conta também com um "Modo de Foco" que reduz a taxa de bits do sinal para o centro do frame, neutralizando interferências para o usuário ver imagens claras mesmo em ambientes desafiadores. O FPV Remote Controller usa um canal de frequência de 5.8GHz para se comunicar com a Air Unit e um software de circuito fechado 4 em 1, permitindo que os usuários ajustem parâmetros para os outros três componentes remotamente. O seu alcance de transmissão chega até 2,5 milhas, cerca de 4 km.

Algo que chama atenção em meio às novidades é o fato de que a DJI FPV Camera (que, vale ressaltar, possui uma lente ultra grande angular de 150 graus e grava em 1080p60fps ou em 720p120fps) pode oferecer aos usuários três modos diferentes. Primeiro, há o modo de corrida, que consiste em uma saturação extra, para que os obstáculos sejam o destaque. Já o modo LED é voltado ao controle de saturação e ruído para que os pilotos voem com seus drones em ambientes sem muita iluminação. O modo padrão, por sua vez, reduz a perda de cores e preserva detalhes.

Fonte: Drone DJ via Mundo Conectado

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.