Mas afinal, avião tem buzina?

Por Nathan Vieira | 17 de Setembro de 2019 às 21h00
Airbus

De vez em quando, subitamente nos encontramos com uma questão em mente que parece até ingênua, mas que pouca gente é capaz de responder. É o caso, por exemplo, da simples pergunta “avião tem buzina?”, que acaba gerando uma pulga atrás da orelha, porque, afinal, para que serviria uma buzina em um avião? Espantar aves? Avisar outros aviões? A questão é que, quando pensamos em buzina, temos em mente a lógica do tráfego dos carros e, por questões óbvias, os aviões não funcionam da mesma maneira que os carros.

Antes que você fique agoniado com a questão em sua cabeça: sim, o avião tem buzina, mas ela não é nem um pouco parecida com o que se pensa quando “buzina” vem à mente. A ideia por traz da palavra é um alerta aos outros carros, acoplado no volante e tudo o mais. Acontece que a buzina presente nos aviões passa bem longe disso.

Primeiro que, ao contrário do que se possa pensar, a buzina presente na aeronave não fica no manche, que pode ser comparado com o volante de um carro. Ela se trata, basicamente, de um botão identificado como “Ground” ou “GND” e fica no painel junto com vários outros comandos. A caixa de som está localizada na parte de baixo do avião, no vão onde o trem de pouso fica recolhido. Na prática, essa caixa de som é parecida com as caixas acústicas portáteis usadas normalmente para ouvir música em casa. O som é de alta frequência e lembra uma sineta.

Além disso, a buzina é acionada pelo tripulante apenas em terra, e a função desse recurso é a comunicação, e não o alerta, como é o caso do carro. Em um vídeo para o canal do YouTube Aviões e Músicas, o piloto Joselito Sousa mostra na prática como funciona a buzina presente em uma aeronave. Ele diz que a buzina é usada principalmente pelos aviões grandes e que em alguns casos esse botão fica na parte de cima.

Sendo assim, aviões têm buzina? Sim! Mas não é o que as pessoas esperam de uma buzina. É mais como um botão para chamar o mecânico, e o som também é bem diferente do "Beep beep" que estamos acostumados por causa dos carros.

Fonte: Quora, Journal of Wonder, Aviões e Músicas

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.