Aviões elétricos: conheça os projetos que já são realidade

Aviões elétricos: conheça os projetos que já são realidade

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 25 de Julho de 2021 às 15h00
Felipe Ribeiro/ Canaltech

Assim como os automóveis, os aviões também caminham para a eletrificação, com empresas trabalhando em projetos que visam ao menos inserir algum tipo de motor elétrico para trazer mais eficiência energética e menos poluentes no ar. A tarefa será árdua para alcançar a máxima eficiência e segurança, além de conseguir atender à demanda da aviação comercial, a que mais gera dinheiro neste mercado bilionário.

O setor de aviação já se movimenta em direção a novos propulsores e começa a divulgá-los para o mercado para chamar a atenção de investidores e clientes. No campo da eletrificação, já temos fabricantes que se empenham em produzir variantes híbrido-elétricas, com o funcionamento conjunto de jatos convencionais e auxiliadores elétricos, ou até mesmo àqueles movidos a hidrogênio. 

Outro movimento — este até mais ousado — é para a total eletrificação, com aviões sem qualquer participação de motores a combustão e completamente neutros em emissão de CO². Há, assim como nos híbridos-elétricos, empresas bem avançadas em seus projetos e, inclusive, com datas de lançamento para o mercado. Além disso, também há modelos desenvolvidos para treinamentos e ações militares.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Com isso em mente, separamos alguns modelos de aviões elétricos que já são realidade e estão ou voarão pelos céus em breve. 

Bye Aerospace eFlyer 800

Projetado pela estadunidense Bye Aerospace, o eFlyer 800 é uma aeronave elétrica que será fabricada para concorrer no mercado de aviação regional e executiva, com capacidade máxima para oito passageiros. Segundo a empresa, ele terá um teto operacional máximo de 10.600 metros, alcance 920 km e com velocidade de cruzeiro máxima de 590 km/h. 

Para tanto, ele será equipado com dois motores elétricos com hélices alimentadas por baterias e placas solares, fazendo com que seu desempenho seja bem parecido com os turboélice tradicionais. Seu carregamento pode ser feito nos hangares por meio de carregadores, mas a ideia é que o eFlyer 800 atue sempre com bons níveis de energia captada do Sol. 

A Bye Aerospace não deu previsão de lançamento para o eFlyer 800, mas a aeronave está em processo de certificação nos Estados Unidos pelo FAA (Federal Aviation Administration, a "ANAC dos EUA").

Eviation Aircraft Alice

O Alice é um jato executivo projetado para viagens curtas e operação de rotas regionais de até 800 quilômetros. Seu teto operacional é de até 9 mil metros e sua capacidade máxima é de 11 passageiros, sendo dois deles tripulantes. O peso máximo de decolagem é de pouco mais de 7 mil quilos e a velocidade de cruzeiro é de 400 km/h. Para o carregamento das baterias dos dois motores elétricos, será necessária uma estação de carregamento específica para a aeronave.

(Imagem: Eviation Aircraft)

De acordo com a Eviation, os primeiros clientes receberão seus Alice em 2024. 

Pipistrel Velis Electro

O Velis Electro é um avião elétrico desenvolvido para treinamento de pilotos e missões militares curtas, sendo o primeiro modelo a ser certificado como 100% elétrico. 

Fabricado pela empresa eslovena Pipistrel Aircraft, este modelo leve tem números interessantes para seu tamanho e proposta. O motor elétrico de 78 cavalos é movido por uma bateria de íons de lítio de 11 kW/h, fazendo com que ele atinja uma velocidade máxima de 181 km/h e nível de ruído comparável a de uma conversa normal. 

Ele é capaz de levar apenas duas pessoas (piloto e copiloto), já que seu peso máximo de decolagem não pode ultrapassar os 600 quilos — vazio, ele pesa pouco mais de 400kgs.

Avião elétrico da Embraer

A Embraer é mais uma das empresas engajadas em desenvolver novos meios de transporte sem poluentes. Atualmente, a fabricante brasileira está empenhada no desenvolvimento de seu "carro voador" para passageiros, mas não abandonou seu projeto de avião elétrico, que ainda não foi batizado, mas que foi um dos primeiros protótipos no mundo.

(Imagem: Divulgação/Embraer)

A aeronave, que é feita sob o EMB-203 Ipanema, está em desenvolvimento em parceria com a multinacional energética EDP Smart, de Portugal. Ainda não há dados técnicos sobre esse avião elétrico, mas, segundo as empresas, o primeiro voo do protótipo acontecerá em 2021. 

Fonte: AeroMagazine, Electric Aviation, SwissAir, Pipistrel Aircraft, Melhores Destinos, Embraer

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.