E se ao invés dos produtos você tivesse comprado ações da Apple?

Por Felipe Ribeiro | 19 de Junho de 2019 às 09h34
Divulgação
Tudo sobre

Apple

Saiba tudo sobre Apple

Ver mais

As pessoas geralmente não se arrependem quando compram seu primeiro gadget. Pelo contrário, a maioria tem fortes sentimentos nostálgicos sobre seus primeiros computadores, consoles, celulares, aparelhos de som, entre outros.

Porém, principalmente em se tratando de Brasil, para se ter esses mimos, tudo fica muito caro, principalmente quando pegamos o recorte da Apple, empresa que é sinônimo de luxo e desejo em nossas terras.

Agora, façamos o seguinte exercício: e se ao invés de comprarmos os principais gadgets da Apple em seus respectivos lançamentos, tivéssemos usado os valores para comprar o equivalente de ações da Maçã na Nasdaq, a bolsa de valores eletrônica de Nova Iorque? Levando em conta, é claro, a valorização dos papéis com os novos produtos na mesma data. O pessoal do The Next Web fez esse levantamento, com os resultados financeiros simulados.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Veja abaixo, produto a produto:

Primeiro iPad

Imagem: Divulgação/Apple

Quando o iPad foi lançado em 3 de abril de 2010, o modelo de entrada custava US$ 499 (R$ 1926 na cotação atual). Se você usasse esse dinheiro para comprar ações da Apple, teria US$ 3.000 (R$ 11.580) agora. Isso é em torno de um lucro de 500%.

Primeiro iPhone

Imagem: Divulgação/Apple

O primeiro iPhone foi lançado em 29 de junho de 2007, também custando US$ 499. Se você tivesse usado esse dinheiro para comprar ações da Maçã naquela época, hoje teria perto de US$ 5.700 (R$ 22 mil). Em outras palavras, isso representa um lucro de 1.000%.

Primeiro MacBook

Imagem: Divulgação/Apple

Se você comprou o modelo básico lançado em 16 de maio de 2006, ele custou módicos US$ 1.099 (R$ 4.242). Se, em vez disso, você usasse esse dinheiro para comprar ações da Apple, teria US$ 22.500 (R$ 86.850) no momento. Isso é em torno de um lucro de cerca de 2.000%.

Primeiro Mac mini

Imagem: Divulgação/Apple

O primeiro Mac mini foi lançado em 22 de janeiro de 2005 pelo preço base de US$ 499. Se você comprasse ações da Apple naquele momento, hoje teria perto de US$ 19.700 (R$ 76.042). Em outras palavras, um lucro de 3.900%.

Primeiro iPod

Imagem: Divulgação/Apple

O modelo de entrada do iPod, que saiu em 23 de outubro de 2001, custava US$ 399 (R$ 1.540). Se investisse esse valor em ações da Apple na liberação do iPod, você teria acumulado US$ 58.000 (R$ 223.880). Isso é cerca de 14.500% de lucro.

Primeiro iMac

Imagem: Divulgação/Apple

O modelo básico original do iMac, lançado em 15 de agosto de 1998, saiu por US$ 1.299 (R$ 5.014). Caso tivesse usado as cifras com ações, hoje você teria assustadores US$ 178 mil (R$ 687.080), um lucro de incríveis 13.500%.

Primeiro Macintosh

Imagem: Divulgação/Apple

Finalmente, o primeiro Macintosh. Quando foi lançado em 24 de janeiro de 1984, o modelo básico custava US$ 2.495 (R$ 9630). Caso tivesse comprado ações com esse dinheiro, hoje sua conta bancária estaria com incríveis US$ 960 mil (R$ 3,7 milhões), lucro de 38.500%.

Fonte: The Next Web

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.