Conheça a Digital Media City, uma "cidade do futuro" que fica na Coreia do Sul

Por Se Hyeon Oh | 09 de Setembro de 2019 às 19h00

A Coreia do Sul é um dos maiores polos tecnológicos da atualidade, sendo o berço de grandes multinacionais como Samsung, LG, Hyundai, KIA e a CJ. Quem visita o país e se depara com inúmeros arranha-céus, infraestrutura de qualidade e outros aparatos tecnológicos, nem imagina que, até poucas décadas atrás, o país estava se recuperando das diversas guerras que devastaram seu território e a dividiu em duas.

Somando a realidade caótica em que a península coreana se encontrava após a Segunda Guerra Mundial e a guerra das Coreias com o fato de que a região carece de recursos naturais, a saída encontrada pelos seus habitantes foi de investir em estudos e na geração de conhecimento — o que, depois de vários anos, deu luz à Coreia do Sul da forma como a conhecemos hoje.

Assim, é fácil afirmar que a tecnologia é a base e o esqueleto da sociedade coreana moderna, sendo o grande “herói” que permitiu o avanço em diversas áreas de mercado, como o de smartphones, carros, navios e até mesmo de mídias digitais. Esse último, por sinal, vem ganhando cada vez mais destaque internacional após o sucesso de Gangnam Style, música do cantor Psy, em conjunto com vários ícones do K-pop como o BTS, além como as novelas (ou “doramas”) e filmes tal qual Train to Busan.

Nesse sentido, não seria estranho existir uma cidade inteira dedicada à tecnologia, inovação e mídias digitais na Coreia do Sul, não é? É nesse contexto que nasceu a Digital Media City (DMC), uma área em Seoul dedicada especialmente às empresas que trabalham no ramo de TI e de mídias digitais.

O nascimento da Digital Media City

Ao redor de Sang-Am (distrito de Mapo, em Seoul), até os meados dos anos 1990, havia uma grande área subdesenvolvida com apenas um lixão por perto, e, tendo em vista que o local era consideravelmente perto de Seoul, os governantes acharam interessante investir no crescimento dessa região de uma forma estratégica.

Então, em 1997, ele foi definido como um local-alvo de desenvolvimento, mas não chegou a receber grandes aportes monetários até 1999, quando foi lançado um grande plano de desenvolvimento de Seoul. Para alavancar a atenção para o local, foi construído um estádio para receber os jogos da Copa do Mundo de 2002 e, em novembro de 2006, começou-se a construção efetiva da DMC.

Sobre a Digital Media City

Prédio da DMC (Imagem: Jeong Hae-Kyoung/Daum Blog)

Conforme diz o próprio site da DMC, o local conta com uma área de 569.925 m² e se define como um “cluster de mídias e de entretenimentos digitais”. Para fazer jus ao nome, diz ter como objetivo receber as maiores companhias nacionais do ramo e potencializar os negócios das empresas inovadoras de TI, visando se tornar um dos maiores centros de criação, inovação e produção de mídias digitais e de tecnologias da Ásia — e também do mundo.

No momento, emissoras gigantes como MBC, YTN, JTBC, SBS, KBS e CJ E&M mudaram as suas sedes e/ou criaram filiais ali, no local que já conta também com empresas de tecnologia como LG, CNS, a desenvolvedora Gravity e grandes empresas de jornalismo da Coreia. Há também laboratórios e companhias que atuam em áreas de biotecnologia, nanotecnologia, e outros setores da área científica.

Sendo uma cidade um tanto diferenciada e, de um certo modo, “temática”, existem várias atividades interessantes que só poderiam ser realizadas ali. Caso você esteja pensando em viajar para a Coreia do Sul, não deixe de conhecer a DMC e curtir os programas abaixo:

Apreciar a arquitetura futurística

Desde o início da criação da DMC, o planejamento das edificações e das estruturas locais foram revisadas várias vezes, de forma que até mesmo os mínimos detalhes do local pudessem transmitir a sensação de que ali era o "espelho do futuro". Não é difícil encontrar, por exemplo, prédios redondos, tortos ou até mesmo monumentos que remetem a conceitos futuristas ou associados à TI. O local, inclusive, foi palco das filmagens dos Vingadores 2 - A Era de Ultron!

Communication - Simboliza o encontro do Humano com o Mundo através da mídia, que está representada como um quadro vermelho (Imagem: DMC/Divulgação)
THEY - Representa o analógico e o digital, a mulher e o homem (Imagem: DMC/Divulgação)
Contents Bud - Simboliza a transmissão de mesagens de esperaça por meio de conteúdos de mídia (Imagem: DMC/Divulgação)

Contatos e rastros de K-Idols

Para quem curte o K-pop, K-drama ou K-entertainment, o local é recheado de referências aos famosos e também a programas de televisão populares do gênero, sendo que, perto das emissoras, o “vai-e-vem” desses ídolos é bastante corriqueiro. Inclusive, grandes emissoras como MBC, SBS, JTBC realizam gravações de rádio e filmagens ao vivo por ali. Há tamtém pequenos museus temporários de programas de TV onde os fãs podem ter a sorte de ter contato com as celebridades.

"Mini museu" do programa 삼시세끼 - Três refeições, em tradução literal (Imagem: Chopsticks & Carryons)
Souvenirs à venda do programa 신서유기 - Viagem ao Oeste, em tradução literal (Chopsticks & Carryons)
"Rastros" de ídolos deixados pelas calçadas da DMC (Imagem: Chopsticks & Carryons)

Muita comida boa!

Como dito acima, a Digital Media City é um local onde se aglomeram várias empresas do setor de mídias digitais e de tecnologia, sendo uma área comercial e cheia de trabalhadores. Além disso, é onde celebridades costumam realizar filmagens, então o local também está sempre repleto de turistas. O que não poderia faltar para agradar todo esse público? Sim! Muita comida boa!

Para um restaurante, ter a possibilidade de aparecer em programas gastronômicos ou ter a chance de ter o seu nome divulgado por estrangeiros ou famosos é algo que pode acabar alavancando seus negócios rumo ao sucesso. Dessa forma, existem vários restaurantes de diversas escolas gastronômicas espalhados pela DMC, sendo um local ideal para as pessoas que procuram refeições de qualidade. Ah, isso sem esquecer os inúmeros cafés dali, que possuem várias sobremesas e bebidas diferenciadas em seu cardápio.

Existem diversos restaurantes de várias frentes gastronômicas diferentes na DMC (Imagem: Mango Plate)

Galeria da Digital Media City

Não deve existir ninguém melhor para explicar a Digital Media City do que o próprio pessoal da Digital Media City, não é? A galeria DMC foi criada exatamente para promover as suas atividades, detalhando as empresas que se encontram na região, quais os ramos em que elas atuam e quais as condições para se inserir no local.

Ali é possível sentir um pouco dos resultados das inovações que são geradas por essas empresas, que colocam à disposição coisas como equipamentos de realidade aumentada, realidade virtual, painéis interativos, entre outros aparelhos eletrônicos. Além disso, são oferecidas experiências digitais muito interessantes como filmes em 3D e a possibilidade de entrar na pele de youtubers ao passar pelos processos de produção de vídeos que são parte desse cotidiano, como gravação, edição, inserção de efeitos especiais, adição de efeitos sonoros e renderização.

Foto da galeria do DMC (Imagem: SBA SNS Supporters)
Set de filmagens para youtubers presente na galeria do DMC (Imagem: SBA SNS Supporters)

Caso esteja planejando viajar para a Coreia do Sul, uma ótima dica de passeio com um pezinho na tecnologia é mesmo a Digital Media City, que conta também com áreas verdes bastante belas, como o parque DMC e o parque do estádio da Copa do Mundo.

Fonte: Chopsticks&CarryonsVisit SeoulSBA SNS Supporters BlogDigital Media City레일러스트Inthead Blog작은 천국Mango Plate

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.