Trump diz que “não é fã” de bitcoin e sinaliza regulamentação de criptomoedas

Por Wagner Wakka | 12 de Julho de 2019 às 11h27
Tudo sobre

Donald Trump

Saiba tudo sobre Donald Trump

Donald Trump não gosta de criptomoedas. O presidente dos Estados Unidos foi bastante claro ao dizer que não gosta do bitcoin e seus derivados em uma série de tweets em seu perfil oficial. Para o político e executivo, a moeda é volátil demais.

“Eu não sou um fã do bitcoin nem de outras criptomoedas”, escreveu o presidente. “Não são dinheiro, e seu valor é altamente volátil e com base frágil”.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O presidente ainda falou sobre aumentar regulação sobre esse tipo de moeda. O assunto ganhou força nos últimos tempos após o Facebook ter anunciado a sua própria criptomoeda, o Libra.

O governo já demonstrou preocupações sobre a nova ideia da rede social, o que gerou, inclusive, pedidos oficiais do Congresso do país para que segure o lançamento do Libra até que sejam estudados e entendidos os riscos dela para o mercado mundial.

“Ativos não regulados de criptomoedas podem facilitar comportamentos ilegais, incluindo tráfico de drogas e outras atividades ilegais”, acredita o presidente. “De forma parecida, a ‘moeda virtual’ Libra do Facebook terá pouca estabilidade ou confiabilidade. Se o Facebook e outras companhias querem ser tornar bancos, eles devem buscar uma Banking Charter e se sujeitarem a todas regulações bancárias como todos os outros bancos”.

O Banking Charter é um documento de carta bancária necessário para que alguém possa abrir um banco nos Estados Unidos. Ao se referir a este termo, basicamente Trump quis dizer que é preciso que Facebook e outras empresas tenham documentos que os permitam atuar no mercado financeiro.

“Nós só temos uma moeda real nos Estados Unidos e ela está mais forte do que nunca”, cravou o presidente. "É a moeda, de longe, mais dominante em qualquer lugar do mundo e assim vai ser para sempre. É chamada dólar americano".

Com isso, o presidente não agradou parte da extrema direita do país. Um deles foi Mike Cernovich, um conhecido extremista e apoiador do governo. Em resposta ao tweet do presidente, ele disse: “Este é um grande erro da sua parte e mostra falta de visão”.

Como liberais, o aumento de regulamentação sobre a moeda é um atraso para esta ala de apoio ao governo.

Fonte: Donald Trump (Twitter)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.