Bitfy lança curso gratuito sobre declaração de criptomoedas no imposto de renda

Bitfy lança curso gratuito sobre declaração de criptomoedas no imposto de renda

Por Roseli Andrion | Editado por Claudio Yuge | 28 de Dezembro de 2021 às 20h30
Art Rachen/Unsplash

A partir de 2021, detentores de criptomoedas devem declará-las no Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF). Para informar esse público, a Bitfy, primeira carteira multiuso para custódia própria de criptomoedas do Brasil (que permite compra e venda de Bitcoins e dos principais criptoativos do mercado), criou um curso gratuito.

Chamado de “Como declarar Bitcoin e outras criptomoedas”, o curso foi elaborado em parceria com a contadora Ana Paula Rabello. Especialista no tema, ela é responsável pelo blog “Declarando Bitcoin” e autora do e-book “Como declarar Bitcoins e outros criptoativos”.

A partir de 2021, criptomoedas devem ser declaradas no imposto de renda (Imagem: Reprodução/Pixabay/WorldSpectrum)

O curso é dividido em módulos, que explicam como preencher a declaração, tributar Airdrop, Forks, mineração, salário recebido em criptoativos e outros. Os alunos recebem, ainda, aulas sobre a Instrução Normativa (IN) 1888. A regra entrou em vigor em agosto de 2019 e regulamenta transações de ativos digitais no Brasil. Com ela, a Receita Federal garante maior controle e pode agir em casos ilícitos, por exemplo.

O órgão pretende promover a regularização fiscal desses ativos. “Essa necessidade se tornou latente a partir do momento que os ativos digitais passaram a ser tratados como reserva de valor”, explica Lucas Schoch, fundador e CEO da Bitfy. “As criptos não acompanham as variações do mercado e mantêm o poder de compra no decorrer do tempo. Além disso, elas podem ser adquiridas, vendidas, trocadas por mercadorias e têm liquidez.”

Quem quiser assistir ao curso, deve fazer o download do Bitfy SuperApp de criptomoedas, cadastrar-se e acessar a categoria “Cursos Grátis”. O aplicativo está disponível gratuitamente na Google Play Store e App Store.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.