Bill Gates afirma que as criptomoedas são extremamente perigosas

Por Felipe Demartini | 28 de Fevereiro de 2018 às 12h25
Divulgação

Bill Gates é mais um grande nome da tecnologia que não é nada fã das criptomoedas. Durante uma sessão de perguntas e respostas na rede social Reddit, o cofundador da Microsoft afirmou que essa modalidade financeira é extremamente perigosa para usuários e investidores devido à sua associação com atividades ilícitas como lavagem de dinheiro, evasão fiscal e, principalmente, compra de drogas.

Gates deu ênfase especial a esse último aspecto, afirmando que já existem indícios de que substâncias ilícitas estão sendo adquiridas, pela internet, usando bitcoins e outras opções, o que traça uma relação direta entre as criptomoedas e a causa da morte de muitos jovens. O dinheiro virtual, para ele, fortaleceu não apenas o tráfico de entorpecentes, mas também o financiamento de organizações terroristas e outros crimes financeiros.

O executivo seguiu em frente, quando questionado sobre o uso de dinheiro oficial em atividades desse tipo. Para ele, isso realmente existe, mas o processo se torna mais difícil – no pagamento do resgate de um sequestro ou compra de drogas, por exemplo, os envolvidos precisam estar presentes fisicamente. Isso dificulta a realização de crimes e torna a ação das autoridades mais precisa.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Para Gates, o alerta vermelho também precisa estar aceso para os investidores. O alto grau especulativo das criptomoedas, para ele, as torna extremamente perigosas para atividades financeiras, principalmente em apostas de longo prazo. Novamente, a associação com atividades ilegais e alta volatilidade das cotações fazem com que essa categoria financeira não seja das mais seguras e, para o fundador da Microsoft, não deve demorar para que uma desestabilização ainda maior aconteça.

O cofundador da Microsoft se une a uma lista cada vez maior de nomes de peso que não recomendam a aposta nas moedas virtuais. Warren Buffett, por exemplo, já disse que os investidores dessa modalidade têm um final triste certo adiante, enquanto o investidor bilionário Mark Cuban disse que ninguém deve investir mais do que 10% de suas reservas nessa categoria, e somente depois de ter a certeza de que seu fundo de emergência é grande o bastante para suportar esse tipo de “aventura”.

Fonte: CNBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.