Playstation Studios é a nova marca da Sony para seus jogos exclusivos

Por Rafael Arbulu | 12 de Maio de 2020 às 20h15
Reprodução
Tudo sobre

Sony

Saiba tudo sobre Sony

Ver mais

Bebendo da mesma fonte que a Microsoft estabeleceu lá nos anos 2000, a Sony criou a marca “PlayStation Studios”, que funcionará como um “guarda-chuva” para os jogos desenvolvidos por estúdios da gigante japonesa exclusivamente para a linha PlayStation. Segundo o site GamesIndustry, a estreia deve acontecer com o lançamento do PlayStation 5, previsto para o final deste ano.

A Sony também desenvolveu uma animação de introdução para representar os “estúdios PlayStation” para esses títulos dedicados. No clipe abaixo, podemos ver referências a hits como LittleBigPlanet, Uncharted, God of War, Ratchet & Clank, Horizon: Zero Dawn e Last of Us.

"Estamos muito empolgados com isso”, disse Eric Lempel, vice-presidente sênior e chefe global de marketing da Sony Interactive Entertainment. “Nos últimos anos — até mesmo nas últimas décadas — a força dos jogos que saíram de nossos estúdios tem sido mais evidente do que nunca. Já vínhamos pensando em como unificar todos esses excelentes títulos sob uma só marca. O real propósito é fazer com que o consumidor entenda que, ao ver essa marca, eles estarão diante de uma experiência profunda, inovadora e robusta, com a qual já estão habituados em ver nos jogos vindos do PlayStation. Assim nasceu o PlayStation Studios”.

Lempel ressaltou que o vídeo acima representa apenas a introdução de cada jogo desenvolvido sob essa franquia, e que é apenas uma das frentes planejadas: o executivo diz que a logomarca será aplicada “em vários lugares”, citando trailers, publicidade, embalagens e adesivos de cópias físicas, entre outras sinalizações artísticas.

A logomarca do PlayStation Studios (Imagem: Divulgação/Sony)

“Pensamos que essa é a melhor forma de fazer com que os consumidores entendam que, quando virem [a logomarca], então a qualidade que se acostumaram a esperar dos jogos que lançamos estará ali. E essa marca será permeada tanto por franquias já bem reconhecidas, quanto as novas propriedades que pretendemos explorar”.

PlayStation Studios também vai aparecer no PS4

Lempel assegura que a marca PlayStation Studios não será algo exclusivo da próxima geração de consoles da Sony, ressaltando que lançamentos futuros do atual PlayStation 4 também terão essa identificação — exceto por The Last of Us Part II, Ghost of Tsushima e a versão para PC de Horizon Zero Dawn: esses jogos serão disponibilizados antes da estreia da franquia.

Uma informação interessante é a de que a marca “PlayStation Studios” não se limitará aos estúdios que a Sony comprou ao longo de sua história, a exemplo da Naughty Dog, Insomniac Games, Media Molecule e Guerilla Games, além do Sony Santa Monica. Ela também será aplicada a produções feitas por desenvolvedores independentes, sob contrato temporário com a empresa: “Se nossos estúdios estiverem gerenciando a produção desses jogos e trabalhando com um desenvolvedor externo, [o jogo] ainda sairá sob a marca PlayStation Studios”, comenta Lempel. “Não significa que vamos simplesmente ‘sermos donos’ do conteúdo do desenvolvedor, mas também que o trouxemos para um trabalho destinado a algo exclusivo. Há muitos casos em que não somos proprietários do trabalho do desenvolvedor”.

De acordo com o depoimento de Eric Lempel, a criação do PlayStation Studios veio de uma necessidade de conscientização do público. A Sony conta com jogos exclusivos de alto padrão, alguns bastante premiados e focados em experiências narrativas densas (vide Marvel’s Spider-Man, God of War ou o já citado Horizon Zero Dawn), entretanto, boa parte dos consumidores não sabe que eles vieram “do time PlayStation”.

“É algo que vínhamos pensando há algum tempo, e, especialmente agora que estamos caminhando para uma nova geração, realmente queremos apoiar nossos jogos de uma forma ainda mais evidente. Fizemos tudo em termos de campanhas massivas e robustas de marketing, e essa é uma forma ainda melhor de unir esses jogos, de maneira facilitada para os fãs entenderem o que estão comprando", complementa Lempel.

Fonte: GamesIndustry.biz

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.