Hackers destravam PS4 e antecipam desbloqueio do PS5

Hackers destravam PS4 e antecipam desbloqueio do PS5

Por Felipe Demartini | Editado por Bruna Penilhas | 16 de Dezembro de 2021 Ă s 11h55
Sony

O PlayStation 4 foi desbloqueado novamente por um trio de hackers conhecido como pOOBs4, que divulgou nesta semana a destrava do console com firmware na versão 9.00. O jailbreak permite o uso de sistemas operacionais não oficiais, softwares e games customizados, além de outras tarefas alternativas, com uma exploração que os especialistas afirmam ser possível também no PS5, tornando a preocupação da Sony com o feito ainda maior.

Segundo o trio, formado pelos especialistas SpecterDev, ChendoChap e Znullptr, a chave para o destrave está em uma manipulação do kernel, que basicamente é o núcleo do sistema operacional responsável por todo o seu funcionamento.

A partir de um bug no sistema de arquivos do PlayStation 4, os hackers foram capazes de usar uma chave USB para realizar o desbloqueio, rodando um firmware customizado no console e também um aplicativo que permitiria a instalação de softwares customizados. O grupo afirma que o desbloqueio funciona em qualquer modelo do console, incluindo o original, conhecido como PS4 FAT, até modelos mais recentes como Pro e Slim.

O compartilhamento de sistemas entre os consoles de velha e nova geração é o que permitiria o desbloqueio do PS5 usando os mesmos métodos. Entretanto, os responsáveis afirmam que ainda não testaram a possibilidade porque não possuem o console de nova geração. Eles liberaram a exploração para que outros usuários possam realizar o processo em suas próprias plataformas — por conta e risco próprios, é claro.

Ao revelarem a descoberta, que veio a público no último final de semana, o trio também agradeceu aos especialistas Sleirsgoevy, responsável por um webkit que permitiu o jailbreak, e TheFLow, conhecido da cena de modificações do PS4 e responsável por encontrar o bug que permitiu o desbloqueio. A destrava foi demonstrada também pelo Twitter, onde SpecterDev exibiu o menu inicial de um PS4 com opções customizadas e rodando um software de jailbreak.

Não é a primeira vez que o PS4 é destravado, mas o novo achado chama a atenção pelo uso em versões mais recentes do firmware do console. A edição 9.00 do sistema foi liberada em setembro e atualizada novamente neste mês de dezembro, com o jailbreak funcionando em todas as versões anteriores; explorações já divulgadas exigiam o uso de consoles antigos e com plataformas de anos atrás, enquanto neste caso, a ideia é que ela seja possível em qualquer aparelho novo ou desatualizado há pelo menos duas semanas.

Quando se fala em desbloqueio, principalmente no Brasil, o primeiro pensamento sempre remete à pirataria. E enquanto destravas como a apresentada agora efetivamente permitem rodar softwares irregulares, esse não é o único objetivo de trabalhos assim. Como sempre acontece na cena de modificações de console, os desenvolvedores são responsáveis pela apresentação de ferramentas e cabe a cada usuário usar como preferir.

Não é como se esse mercado bucaneiro já não existisse. Desde 2015, pelo menos, lojas inclusive do Brasil já oferecem um serviço de “desbloqueio” do PS4, que consiste em carregar o disco rígido do aparelho com jogos, enquanto os dados do sistema são “clonados” de um console legítimo. Assim como no caso das destravas que exigem firmwares antigos, se trata de uma alternativa trabalhosa e limitada, mas que pode estar começando a mudar.

A Sony, por enquanto, não se pronunciou sobre o caso. O projeto do trio de desenvolvedores segue no ar na plataforma GitHub e permanece em desenvolvimento adicional por eles e outros especialistas da cena de modificação.

Fonte: Kotaku, GitHub

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizaçÔes diĂĄrias com as Ășltimas notĂ­cias do mundo da tecnologia.