Xbox One fica até 10% mais poderoso sem o Kinect, confirma Microsoft

Por Redação | 05.06.2014 às 12:35
photo_camera Divulgação

Os títulos que rodam com taxa de 60 quadros por segundo e com resolução 1080p são como o Santo Graal da nova geração de consoles, muito desejados mas quase nunca alcançados. O Xbox One, porém, ganhou uma vantagem que promete deixá-lo mais perto desse ideal já que, de acordo com a Microsoft, o fim do suporte obrigatório ao Kinect pode deixar o console até 10% mais poderoso.

A novidade veio na atualização de junho do console, liberada nesta semana, que também permitiu aos usuários “comuns” utilizarem HDs externos e seus próprios nomes na Xbox LIVE. Mas a grande mudança veio mesmo com o fim da obrigatoriedade do Kinect, já que a Microsoft prepara para este mês o lançamento de uma versão do Xbox One sem o acessório, que custará R$ 1.999 no Brasil.

De acordo com o diretor do setor de games da Microsoft, Phil Spencer, o aumento de potência acontece graças a maior largura de banda disponível para a GPU. Como o sensor de movimentos não precisa mais estar ativo durante todo o tempo, a performance do componente pode acabar sendo direcionada a outros fatores, permitindo jogos mais bonitos e com desempenho melhor. As informações são do Eurogamer.

O patamar de 1080p e 60 FPS, porém, não é onipresente. De acordo com o executivo, vai de cada desenvolvedora trabalhar seus títulos de forma a atingir ou não esse potencial. Outros fatores, como a quantidade de elementos funcionando em tempo real, ações realizadas e outros elementos de processamento, podem entrar no caminho e impedir que essa marca seja alcançada.

Mas, acima de tudo, o processamento extra conferido agora ao Xbox One permitirá que a Microsoft persiga a Sony mais de perto no quesito gráficos, já que análises do potencial gráfico dos consoles mostram uma pequena vantagem para o PlayStation 4. É algo mais perceptível por olhos atentos ou análises numéricas, mas que, mesmo assim, ainda é visto por muita gente como um fator decisivo na hora de escolher entre um dos consoles.

A atualização de junho para o Xbox One é gratuita e já está disponível para todos os usuários.