Samuel L. Jackson dá spoiler de Capitã Marvel em entrevista sobre "Vingadores"

Por Rafael Arbulu | 11 de Janeiro de 2019 às 15h24
Tudo sobre

Marvel

Saiba tudo sobre Marvel

Ver mais

Nem mesmo os maiores e melhores são livres de atos falhos, ao que parece.

Em entrevista ao site Entertainment Tonight, o ator Samuel L. Jackson, que vive o personagem Nick Fury dentro do universo cinematográfico da Marvel Studios, soltou sem querer uma informação nova sobre a Capitã Marvel que pode impactar diretamente o desenrolar de “Vingadores: Ultimato”, o filme que deve finalizar o arco protagonizado pelo vilão Thanos e que começou em “Guerra Infinita”.

É bem provável que Jackson tenha soltado essa bomba sem perceber seu impacto, haja vista que, segundo a publicação no site, logo depois ele questiona a publicista (que geralmente acompanha entrevistas e não deixa os atores sozinhos com os jornalistas) sobre o que ele pode ou não falar, seguindo isso com um “Sério? Que m...!”.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

ATENÇÃO: as informações a seguir contêm o possível spoiler do ator, bem como possíveis ramificações nos enredos integrados da fase mais recente da Marvel nos cinemas. Leia por sua conta e risco! Colocamos o trailer mais recente do filme protagonizado pela super heroína e, depois dele, segue o texto.

Ainda aqui? Ótimo, então segue o jogo!

“Ela é uma das poucas personagens que consegue viajar no tempo”. Talvez sem perceber, essa declaração de Jackson ao ET trouxe à luz uma novidade até então não revelada sobre a Capitã Marvel nos cinemas.

Como você deve ter acompanhado (e se está lendo até aqui, então spoilers não o incomodam), o Titã Louco Thanos conseguiu as Jóias do Infinito e, inseridas em sua luva, extinguiu em um estalar de dedos metade da vida no universo. Na cena pós-créditos do filme, Nick Fury (vivido por Samuel L. Jackson) chama por Carol Danvers, a Capitã Marvel (Brie Larson), mas desaparece antes de poder falar com ela, estabelecendo o pano de fundo para a participação da heroína em “Vingadores: Ultimato”.

Desde então, a Marvel vem divulgando trailers e mídia referentes ao filme que leva o nome da personagem, ambientado antes dos eventos causados por Thanos, estabelecendo sua origem e falando um pouco dos seus poderes. Obviamente, nada disso menciona viagens no tempo. Nos quadrinhos, a Capitã Marvel não tem esse poder, então nem por essa mídia poderíamos esperar algo.

Imagem: Divulgação/Marvel Studios

Voltando ao final de “Guerra Infinita”, durante a luta contra Thanos, o Doutor Estranho pede que a Jóia da Alma, uma das seis jóias do infinito, seja entregue ao Titã. O herói místico detém o poder de enxergar e antecipar resultados de todas as ações, em diversas variáveis e realidades. O filme mostra claramente que ele viu “algo”, daí a sua escolha de permitir que a jóia vá com o vilão.

Aqui, já podemos especular algumas coisas: a primeira é tentar responder a uma pergunta. Como Carol Danvers conseguiu passar quase 30 anos, até o período atual, sem envelhecer nem um pouco? Seu filme se passa na década de 1990. Ainda não vimos o rosto da Capitã Marvel dentro do contexto de Vingadores, mas era presumido que seu DNA alienígena (Kree, para ser exato) a permitisse envelhecer mais devagar que humanos comuns. Se ela viaja no tempo, porém, isso traz outras possibilidades.

A segunda especulação vem da referida cena pós-créditos: Fury aciona a Capitã por meio de um pager. Sim, o popular “bipe” deu as caras em um filme contemporâneo: falamos da tecnologia aqui no Canaltech em dezembro de 2018. É possível que esse pager, de alguma forma, se comunique com a Capitã no passado (uma versão jovem de Nick Fury pode ser vista no trailer do filme). Mais além, por que, de todos os heróis possíveis, justamente ela seria a salvação de uma humanidade cuja metade começou a espontaneamente esfacelar-se? Se Fury já sabia dos poderes de viagem no tempo da Capitã, então essa pergunta tem uma resposta bem óbvia.

Imagem: Divulgação/Marvel Studios

Falando novamente de Dr. Estranho, os poderes de enxergar variáveis dele, ao que tudo indica, não se limita ao tempo. Isso quer dizer que, por qualquer razão, o feiticeiro enxergue realidades no passado e, para fins de contextualização do universo cinematográfico, no futuro.

Com essas três ideias — e com base no que vimos até agora de “Vingadores: Ultimato” —, é bem possível que “viagem no tempo” será uma solução para desfazer o que Thanos causou no universo. Se a Capitã Marvel tem esse poder (além de encarar o Titã Louco de igual para igual, pelo que os filmes dão a entender), então ela torna-se uma escolha óbvia para salvar o universo.

Claro, isso tudo é especulação: para todos os efeitos, Jackson poderia se referir à capacidade dela de suportar uma viagem do tipo, não necessariamente que ela possa fazê-la. Dada a reação dele após a frase, porém, isso é pouco provável.

“Capitã Marvel”, estrelado por Brie Larson, estreia nos cinemas em 8 de março de 2019. Já “Vingadores: Ultimato” chega às telonas em 26 de abril de 2019.

Fonte: Entertainment Tonight

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.