Netflix não está enviando seus filmes para os festivais como costumava fazer

Por Laísa Trojaike | 28 de Maio de 2020 às 19h45
Netflix
Tudo sobre

Netflix

Saiba tudo sobre Netflix

Ver mais

A pandemia de COVID-19 causou complicações em todas as áreas e festivais de todos os tipos tem sofrido intensamente com a impossibilidade de reunir pessoas. O Oscar 2021, um dos maiores festivais de cinema e, certamente, o mais popular, sofreu grandes perdas com a falta de estreias, já que os cinemas estão fechados e muitas grandes produções preferiram adiar os lançamendos para que os filmes não chegassem ao público através de plataformas de streaming e vídeos por demanda (VOD, na sigla em inglês).

Agora, segundo informações do IndieWire, a Netflix estaria se recusando a enviar seus filmes para os festivais, que, se acontecerem, serão adaptados para a virtualidade conveniente ao período de isolamento. Anteriormente, os festivais eram essenciais para que a Netflix conseguisse conquistar a crítica e construir seu caminho para concorrer ao Oscar. Mas, desde que a plataforma fez um acordo para lançamento dos seus filmes nos cinemas Paris Theatre em New York e Egyptian Theatre em Los Angeles, os festivais, embora sempre úteis, tornaram-se descartáveis para a sua estratégia de divulgação.

Imagem: Netflix

Além disso, como medida de adaptação temporária, o Oscar e o Globo de Ouro dispensaram os lançamentos em cinemas como pré-requisito para que um filme pudesse concorrer aos prêmios, o que coloca a Netflix e demais streamings em uma zona de conforto ainda maior.

Alguns filmes da Netflix que eram aguardados pelos festivais incluem o drama biográfico Mank, de David Fincher, com Gary Oldman, Amanda Seyfried e Lily Collins; o drama Hillbilly Elegy, de Ron Howard, com Amy Adams, Freida Pinto e Glenn Close; e a adaptação do livro de Iain Reid, I’m Thinking of Ending Things, dirigido por Charlie Kaufman e estrelado por Toni Collette e Jesse Plemons.

Ainda não há informações sobre se os demais estúdios, que também estão sofrendo diversos problemas com a pandemia, irão acompanhar a Netflix e ficar de fora do circuito de festivais. O que não causará grandes efeitos para a Netflix, é um grande baque para os festivais, sobretudo aqueles menores e de alcance local, que dependem de grandes produções para atrair um público maior.

Com o Oscar e o Globo de Ouro de 2021 aceitando filmes lançados diretamente em streaming, a Netflix, que também já desenvolveu acordos para lançamentos no cinema, agora está abandonando o circuito de festivais

Fonte: Collider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.