Justiça permite que estúdio de cinema interrogue usuários do Popcorn Time

Por Redação | 20 de Novembro de 2015 às 13h13

Os criadores do filme The Cobbler (no Brasil, Trocando os Pés), do ator Adam Sandler, conseguiram permissão de um tribunal federal norte-americano para interrogar "assinantes de internet cujas conexões foram usadas para piratear o filme". Os cineastas solicitaram os depoimentos a fim de descobrir as verdadeiras identidades dos usuários do Popcorn Time.

O estúdio por trás do filme listou os endereços de IP de vários usuários do Popcorn Time em uma ação judicial, mas quatro assinantes listados não responderam às dúvidas da empresa em relação ao aplicativo pirata. Para conseguir seus depoimentos e descobrir exatamente quais indivíduos violaram os direitos autorais ao fazer o download ilegal do filme, os cineastas apelaram para a justiça. A intimação diz que os assinantes identificados pelo estúdio devem nomear todas as pessoas que tiveram acesso às contas do provedor de internet.

Por meio de um depoimento colhido sob juramento, o estúdio espera identificar os verdadeiros usuários do "Netflix pirata" para que eles possam ser nomeados em uma ação judicial. De acordo com a empresa, os depoimentos podem ocorrer em um local determinado pelos advogados dos usuários e não devem demorar mais de duas horas.

Embora este tipo de solicitação de depoimento seja relativamente novo e nem sempre concedido pelos tribunais, é possível que mais estúdios de cinema comecem a solicitá-lo a fim de rastrear usuários que fazem downloads ilegais.

Fonte: Torrent Freak

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.