Hackers exigem dinheiro para não vazar cópia de novo “Piratas do Caribe”

Por Redação | 16 de Maio de 2017 às 13h18

A franquia “Piratas do Caribe” retorna aos cinemas no próximo dia 25, mas o lançamento pode ser prejudicado por uma ação de hackers que conseguiram colocar as mãos em uma cópia pirata do novo filme. Agora, eles pedem o pagamento de um resgate em Bitcoins, cujo valor não foi revelado, para não vazarem a produção na internet.

Em reunião com executivos, o CEO da Disney, Bob Iger, confirmou que criminosos conseguiram acesso a um dos filmes recentes da produtora, mas não disse o título. Relatos posteriores preencheram a lacuna e confirmaram que o longa em questão seria “Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar”, quinto filme da série estrelada por Johnny Depp.

Mesmo não tendo confirmado essa notícia, Iger deixou claro, durante a reunião, que a Disney não tem intenção de pagar o valor solicitado pelos hackers. Com a notícia sendo publicada na imprensa internacional, então, parece ser uma questão de tempo até que o longa dê as caras ilegalmente em serviços de torrent, permitindo que as pessoas assistam, em casa, a uma cópia de alta qualidade de um longa que nem mesmo chegou aos cinemas ainda.

Casos desse tipo estão se tornando rotina na indústria do entretenimento. Recentemente, a Netflix se viu diante de um dilema parecido quando o primeiro episódio da nova temporada de sua série original “Orange is the New Black” vazou na internet, com os responsáveis exigindo dinheiro para não liberarem o restante dos capítulos que estreiam apenas em 9 de junho. O resgate não foi pago e os criminosos cumpriram a ameaça.

A diferença entre os casos, entretanto, é que o quinto “Piratas do Caribe” parece ter sido obtido pelos hackers em sua versão final, enquanto os capítulos de “Orange is the New Black” surgiram em uma versão preliminar. A versão vazada, de acordo com os hackers, é o corte final que estará disponível no serviço, mas sem algumas correções de áudio e cor que ainda seriam realizadas. Isso não impediu que o pacote com os episódios se tornasse um dos mais baixados das últimas semanas nos serviços de torrent.

Apesar da similaridade entre as situações, não existem indicações de que os responsáveis são os mesmos. O grupo The Dark Overlords assumiu a autoria do roubo dos arquivos relacionados à Netflix e chegou a liberar uma lista de conteúdos em seu poder, mas o novo “Piratas do Caribe” não aparece entre os títulos.

Os hackers também não se pronunciaram sobre o novo caso e ninguém assumiu a autoria do roubo. Até o momento em que este texto foi escrito, a cópia pirata de “Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar” ainda não havia vazado. O filme é dirigido por Joachim Rønning e Espen Sandberg e tem Johnny Depp, Orlando Bloom, Javier Bardem e Geoffrey Rush no elenco, além de uma participação surpresa de Paul McCartney.

Fontes: Torrent Freak, Deadline

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.