Quase morta, Blockbuster ficará com apenas uma loja aberta nos EUA

Por Ares Saturno | 13 de Julho de 2018 às 11h14

As locadoras de vídeo começaram a entrar em extinção com a popularização do acesso à Internet, mesmo antes das conexões modernas serem capazes de sustentar serviços de streaming de vídeo como a Netflix. Reflexo da predileção dos consumidores por conteúdo sob demanda, até mesmo as grandes franquias de locadoras enfrentaram problemas e fecharam as portas.

Nem mesmo a Blockbuster escapou da mudança de hábitos dos espectadores: Kevin Daymude, gerente geral de duas unidades da franquia no Alasca, confirmou que está fechando as portas de vez. Ele publicou no Facebook que os empréstimos de filmes nas lojas serão suspensos a partir da segunda-feira que vem, dia 16 de julho, e que os estoques serão vendidos até o final de agosto. Agora, a antiga gigante do ramo de locações de vídeos ficará com apenas uma loja aberta nos EUA, mais especificamente na cidade de Bend, no estado do Oregon.

Desde 2013 a Blockbuster não vai bem: apenas 13 unidades da franquia permaneciam em funcionamento nos EUA. Em 2016, as coisas ficaram ainda piores, com apenas nove lojas remanescentes. A marca permanece viva, entretanto, na Austrália, onde a população ainda costuma alugar filmes em mídia física em algumas lojas e quiosques espalhados pelo país.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte: Engadget

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.