Crossover de Homem-Aranha e Venom nos cinemas depende da Sony, diz Kevin Feige

Por Rafael Arbulu | 23 de Junho de 2019 às 16h45
(Imagem: Reprodução/Heroic Hollywood)
Tudo sobre

Marvel

Saiba tudo sobre Marvel

Ver mais

Homem-Aranha: Longe de Casa está prestes a estrear nas telonas, trazendo o retorno do britânico Tom Holland ao papel do herói aracnídeo. Entretanto, fãs da Marvel andam se perguntando sobre outro “Tom” e seu futuro em filmes protagonizados por personagens da Marvel: Venom, vivido por Tom Hardy no recente filme homônimo, é um conhecido vilão/anti-herói do universo do Homem-Aranha, e um cruzamento de histórias entre os dois personagens é debatido há anos.

“Eu acho que isso depende muito da Sony. A Sony é quem detém ambos os personagens [Homem-Aranha e Venom], e Venom está no mundo deles. Eu não sei quais são os planos deles para um novo [filme do] Venom ou mesmo se estão fazendo isso. Mas é algo provável em algum momento…”, disse o presidente dos estúdios Marvel, Kevin Feige, ao CinemaBlend, quando questionado se veríamos Tom Hardy e Tom Holland contracenando juntos.

Tom Hardy viveu Venom no filme homônimo, produzido inteiramente pela Sony

Segundo Feige, a situação não é tão simples quanto possa parecer: ao contrário de filmes como Vingadores e toda a sorte do universo cinematográfico da Marvel, o Homem-Aranha tem seus direitos de reprodução compartilhados entre a “Casa das Ideias” e a Sony Pictures — a negociação disso se deu antes da Disney comprar a Marvel em 2009.

Por isso, os filmes mais recentes do amigão da vizinhança são fruto de uma colaboração entre Sony e Disney, o que permitiu que Tom Holland vivesse o personagem no universo recente de filmes da Marvel. Venom, no entanto, foi inteiramente produzido pela Sony. Aproveitando, você já leu a nossa crítica sobre o filme?

Situação parecida, até pouco tempo atrás, era vivida pela Marvel em relação ao Quarteto Fantástico e ao “Universo X”, onde eram resguardados os mutantes X-Men e derivados. A Fox detinha os direitos de reprodução de ambas as franquias. Entretanto, a Disney conseguiu comprar a divisão de entretenimento da Fox, finalizando o acordo comercial em março deste ano, pela “bagatela” de US$ 71,3 bilhões. Com isso, os direitos dos mutantes, mais o Dr. Reed Richards, Sue Storm (a Mulher Invisível), Johnny Storm (o Tocha Humana) e Ben Grimm (o Coisa) retornaram à Marvel por completo.

Por enquanto, o Homem-Aranha terá a contenda com Mysterio em seu próximo filme: Homem-Aranha: Longe de Casa tem estreia marcada para 4 de julho deste ano e traz, além de Holland no papel protagonista, Jake Gyllenhall como Mysterio, e Samuel L. Jackson retornando ao papel de Nick Fury.

Fonte: CinemaBlend

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.