Pesquisadores criam mão robótica capaz de aprender movimentos sozinha

Por Redação | 10 de Maio de 2016 às 21h35

Antes de se tornar um bom pianista, cirurgião ou gamer, é preciso treinar as mãos fazendo as mesmas tarefas diariamente, melhorando seus movimentos com o tempo antes de se tornar mais habilidoso, não é verdade? Bem, se isso acontece conosco, que somos humanos, por que não servir também para o aprendizado dos robôs? É sobre isso que vamos falar agora.

Pesquisadores da Universidade de Washington dizem ter desenvolvido uma mão robótica ainda mais inteligente que a mão humana. No projeto, o robô em questão pode aprender a manusear objetos e desenvolver novas habilidades sem qualquer intervenção de humanos. Ao invés de ter seus movimentos programados como ocorre com um robô comum, a chamada ADROIT Manipulation Platform aposta no aprendizado próprio e no feedback do mundo real para melhorar sua performance.

O estudante de doutorado em ciência e engenharia da computação Vikash Kumar disse que "a dinâmica e habilidade na manipulação de objetos nunca foram demonstradas antes", muito menos os resultados que eles obtiveram nas pesquisas. Kumar e seus colegas vão discutir o projeto em um apresentação no dia 17 de maio na IEEE International Conference on Robotics and Automation.

Somente o custo de hardware do projeto ficou em cerca de US$ 300.000, mas um valor ainda maior foi alcançado pelo software desenvolvido em conjunto com a mão inteligente. Os pesquisadores conseguiram desenvolver algoritmos que permitem ao computador simular o complexo movimento de cinco dedos, como digitar no teclado, soltar um graveto ou até conseguir pegar algo no ar.

O software desenvolvido está no comando do robô, e analisa a interação da mão através de sensores e câmeras que captam os movimentos enquanto a mão realiza tarefas normais do mundo real. Cada nova interação é incorporada e atualizada no controle de algoritmos do programa. Kumar explicou em entrevista que a mão robótica se comporta como se estivesse tendo lições na escola, indo para casa e fazendo as tarefas, de forma a aprender a fazer as coisas cada vez melhor.

Robótica

O time demostrou que a mão robótica ainda pode melhorar sua manipulação de objetos com o passar do tempo. Em demonstração em vídeo, o robô parece bastante confortável em girar um tubo plástico cheio de grãos de café entre os dedos. O próximo desafio vai ser perceber como a mão se comporta lidando com outros objetos e situações que ainda não realizou antes.

Via: Geek Wire