Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Rato gigante de Vangunu, o raríssimo roedor de quase meio metro

Por| Editado por Luciana Zaramela | 06 de Dezembro de 2023 às 17h16

Link copiado!

Joshua J. Cotten/Unsplash
Joshua J. Cotten/Unsplash

Se você tem fobia de rato, é mehor respirar fundo: um estudo publicado na revista científica Ecology and Evolution revelou as primeiras imagens do rato gigante de Vangunu (Uromys vika), um dos roedores mais raros do mundo. O animal tem pelo menos o dobro do tamanho do considerado comum: cerca de 45 centímetros.

Vangunu pertence às Ilhas Salomão, no sul do Oceano Pacífico, e pertence ao arquipélago das Ilhas da Nova Geórgia, na Província Ocidental. Os pesquisadores contaram com a ajuda dos povos indígenas locais, mais especificamente da aldeia de Zaira, para conseguir os registros do rato.

Em comunicado, os autores do estudo revelaram que se não fosse pela contribuição dos moradores, não saberiam onde colocar as câmeras.

Continua após a publicidade

Como isca, os pesquisadores usaram óleo de gergelim. Apenas alguns dias depois os ratos começaram a aparecer. Em seis meses, os autores registraram 95 imagens de quatro ratos diferentes. No entanto, conseguiram a imagem do lendário roedor:

Os mesmos pesquisadores já passaram por uma tentativa frustrada de encontrar um registro do rato gigante vivo, de 2010 a 2015, através de armadilhas fotográficas.

No comunicado, os pesquisadores ressaltaram que Zaira tem tentado fazer com que a floresta fosse protegida, e com esses registros recentes dos ratos gigantes de Vangunu, a expectativa é que isso ajude.

Continua após a publicidade

Importância do rato gigante

Os autores do estudo também apontaram que a sobrevivência do rato é importante para o ecossistema local, por fazer parte da cadeia alimentar, além de ter significado cultural para o povo de Zaira, por ser uma espécie de lenda por lá.

Fonte: Ecology and Evolution, The New York Times