Como os antigos armazenavam alimentos antes da geladeira?

Como os antigos armazenavam alimentos antes da geladeira?

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 26 de Outubro de 2021 às 14h53
LightFieldStudios/envato

Pode não parecer, mas a refrigeração é um método muito novo para conservar os alimentos. Isso significa que, por milênios, as pessoas tiveram que encontrar maneiras inteligentes de manter a comida conservada, retardando o crescimento de microorganismos que poderiam causar doenças de origem alimentar ou levar o alimento ao apodrecimento

Uma equipe de pesquisa da Universidade de Michigan (EUA) descobriu evidências paleontológicas e arqueológicas de que indígenas colocavam suas sobras  em lagos para guardá-las para uso posterior. Mas a preservação da carne não se devia exatamente à água, mas sim aos lactobacilos que viviam ali.  Acontece que os lactobacilos produzem ácido láctico, capaz de preservar a carne. A baixa temperatura e o baixo teor de oxigênio da água do lago também ajudava no processo de preservação. 

No entanto, nem todos tinham acesso fácil a lagos, portanto, outra maneira de conservar os alimentos na antiguidade era... enterrando! Naquela época, a terra protegia os alimentos da luz solar, do calor e do oxigênio, elementos que aumentam a taxa de deterioração dos alimentos.

Como os povos antigos armazenavam alimentos antes da geladeira? (Imagem: Latrach Med Jamil/Unsplash)

Os pântanos ofereciam uma opção, nesse caso, principalmente por conta do solo macio e esponjoso, consistindo principalmente de matéria vegetal parcialmente decomposta. O ambiente fresco, com baixo teor de oxigênio e altamente ácido era perfeito para conservar alimentos perecíveis.

No norte da Europa, civilizações antigas colocavam comida no pântano para preservá-la. Arqueólogos já chegaram a encontrar uma substância que passaram a chamar de "manteiga do pântano". Há menções etnográficas de pessoas que enterravam a manteiga em pântanos para armazenamento. 

Foi por volta de 1000 aC que os chineses passaram a cortar e armazenaram gelo. Quinhentos anos depois, os egípcios e indianos aprenderam a deixar potes de cerâmica do lado de fora durante as noites frias para fazer gelo. Outras civilizações, como gregos, romanos e hebreus, armazenaram neve em poços e os cobriram com vários materiais.

Fonte: Live Science (1, 2)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.