Publicidade

Centenas de peixes-pênis tomam praia na Argentina; conheça o animal

Por| Editado por Luciana Zaramela | 24 de Julho de 2023 às 10h17

Link copiado!

Popolon/Wikimedia Commons
Popolon/Wikimedia Commons

Na última segunda-feira (17), os moradores de Río Grande, na Argentina, depararam com uma aparição súbita e inusitada de centenas de "peixes-pênis", nome popular da espécie Urechis unicinctus, em uma praia do país. Pela peculiaridade, o caso tomou conta das redes sociais.

O apelido é dado à espécie justamente por conta de seus aspectos físicos, mas apesar de o nome sugerir, não se trata de um peixe. Os “peixes-pênis” na realidade são vermes, que de modo geral servem de alimento para tubarões, lontras, gaivotas e outros animais. Na Argentina, são usados principalmente como isca de pesca.

A aparição desses animais não é tão frequente, uma vez que eles vivem sob a areia das praias, e só surgem à superfície em casos bem pontuais, como esse recente na Argentina.

Continua após a publicidade

No entanto, também não é a primeira vez que isso acontece: em 2019, milhares fizeram aparição na Califórnia, nos EUA, depois de uma forte tempestade. Na ocasião, o biólogo Ivan Parr declarou em entrevista à BBC que existem evidências fósseis das criaturas que datam de 300 milhões de anos, e que algumas vivem até 25 anos.

O corpo do animal é longo e cilíndrico, com a maioria dos espécimes medindo entre 10 e 30 centímetros de comprimento. Eles normalmente exibem um aspecto marrom-amarelados e sua pele é lisa e coberta por pequenas papilas. A espécie Urechis unicinctus possui um apêndice alongado em forma de espátula que é usado para alimentar, nadar e cavar seus túneis.

"Peixes-pênis" são uma iguaria asiática

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

A espécie também é conhecida, principalmente, por seu potencial na gastronomia asiática. Na Coreia do Sul, o animal é conhecido como "gaebul", que se traduz em “órgãos genitais de cachorro”, devido à sua aparência fálica.

Na Coreia do Sul, os "peixes-pênis" costumam ser encontrados em mercados de rua e são servidos crus, com um molho feito de óleo de gergelim ou vinagre com gochujang, um condimento coreano. No entanto, existe ainda a versão cozida, quando o ingrediente é grelhado no espeto com sal, pimenta e óleo de gergelim. E por falar em animais bizarros, vale conhecer o Candiru, peixe que aterroriza banhistas na Amazônia ao entrar em orifícios.

Fonte: El Cronista, A-Z Animals, BBC