Baleia jubarte engole e "vomita" homem, que sobrevive

Baleia jubarte engole e "vomita" homem, que sobrevive

Por Fidel Forato | Editado por Luciana Zaramela | 16 de Junho de 2021 às 20h20
Twenty20photos/Envato Elements

Nos Estados Unidos, um mergulhador foi engolido por uma baleia jubarte, enquanto pescava lagostas no fundo do mar, na última sexta-feira (11). Depois de 30 segundos na boca do animal marinho, o homem foi cuspido. Surpreendentemente, ele apenas torceu o joelho e teve escoriações leves nesse episódio tão incomum. Uma das prováveis causas é que ele estava perto demais da próxima refeição da baleia e, por isso, foi engolido acidentalmente.

O mergulhador Michael Packard estava a 14 metros de profundidade nas águas costeiras da cidade de Provincetown, no estado de Massachusetts, quando foi engolido pela jubarte. “De repente, eu senti um enorme solavanco e tudo escureceu”, contou Packard, durante entrevista parra a CBS Boston.

Nos Estados Unidos, homem foi engolido por baleia jubarte enquanto mergulhava (Imagem: Reprodução/Twenty20photos/Envato Elements)

Entendendo o caso

Quando foi engolido pela baleia, Packard contou: "Pensei comigo mesmo 'OK, é isso, finalmente, vou morrer''. Nesse momento — que durou poucos segundos, mas relativamente pareceu uma eternidade —, ele também lembrou de sua esposa e seus dois filhos, de 12 e 15 anos.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Mesmo na boca do mamífero gigante, o mergulhador ainda era capaz de respirar, já que estava equipado com um respirador de mergulho. Do contrário, provavelmente, teria sido asfixiado pela água. De uma forma tão inesperada quanto foi engolido, a baleia o cuspiu para fora. "Não pude acreditar", comentou o homem, mas "estou aqui para contar". Quando apareceu na superfície, um companheiro de tripulação avistou Packard boiando e o puxou de volta para o barco de pesca.

Como o pescador sobreviveu ao ataque da baleia?

Apesar de ser uma das maiores espécies de baleias, podendo medir 18 metros de comprimento e pesar 40 toneladas, uma jubarte se alimenta de minúsculas criaturas marinhas, como pequenos peixes, krill e plâncton. Por causa disso — e para a sorte de Packard —, a garganta do animal tem de 10 cm a 20 cm de largura, o que impossibilita que um ser humano seja engolido.

No entanto, existiam outros riscos, como ser asfixiado ou ser esmagado por uma língua de 4 toneladas. No caso do mergulhador norte-americano, nenhuma das situações ocorreu e ele apenas ficou alguns segundos na boca do animal. Outra vantagem é que a jubarte não tem dentes, mas possuí de 270 a 400 cerdas e que são conhecidas como barbatanas na sua boca. Isso é ótimo, já que essas baleias se alimentam abrindo a boca e atacam em alta velocidade, com um golpe rápido, capturando quase tudo que está na sua frente. Depois do ataque, as barbatanas "filtram" o alimento.

"A capacidade de engolfamento de uma baleia jubarte é de mais de 50 toneladas de água" contou Jeremy Goldbogen, biólogo e pesquisador da Universidade de Stanford, para o site Live Science. "Portanto, seu grande 'gole' poderia, facilmente, engolir um mergulhador", completa. Só que, até então, ele nunca escutou falar sobre um caso desse envolvendo humanos. Baita sorte!

Fonte: Live Science  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.