GeForce Now: Beta do serviço de streaming de jogos chega ao Windows

Por Redação | 09 de Janeiro de 2018 às 11h41

Após meses de exclusividade para a linha Shield e o macOS, a versão Beta do GeForce Now finalmente está chegando ao Windows. A expansão dos testes do serviço de streaming de games foi anunciada pela NVIDIA durante a CES 2018, com a mesma promessa de sempre: permitir que até mesmo os usuários das máquinas mais modestas possam aproveitar alguns dos principais jogos do mercado.

É claro, como em toda plataforma desse tipo, uma conexão robusta acaba sendo necessária, afinal de contas o título em si não está rodando na própria máquina, mas sim nos servidores remotos da companhia, com as imagens, comandos e tudo mais sendo transmitidos pela rede. Ou seja, o lag é uma questão importante, bem como a qualidade das redes online, principalmente quando falamos de games que exigem precisão, como os de tiro em primeira pessoa ou multiplayer online.

Esse é um foco de atenção também para a NVIDIA, como não poderia deixar de ser. E em seu estande no evento, ela demonstrou os avanços nesse sentido, apresentando o GeForce Now em um notebook básico da Acer, ligado a uma conexão Wi-Fi de 50 Mbps do hotel Wynn, onde a CES 2018 está acontecendo. O jogo escolhido foi PlayerUnknow’s Battlegrounds, de forma a provar definitivamente a qualidade da versão Windows da plataforma.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Na ocasião, a empresa também deu mais detalhes sobre a plataforma, por enquanto exclusiva para usuários dos Estados Unidos e Europa. Isso se deve, mais uma vez, ao lag – o compromisso da NVIDIA é manter a latência abaixo dos 30 ms, e, para isso, tem sete servidores americanos e um número não revelado no Velho Continente, servindo os games disponíveis para os países atendidos.

Independentemente da infraestrutura, a promessa é de que cada usuário terá uma GPU dedicada a si, de forma a rodar os games na qualidade máxima independente do hardware usado para o acesso. Os serviços também rodam de maneira separada em cada versão, o que significa que as máquinas usadas para acesso aos games no Shield, por exemplo, são diferentes daquelas que servem as edições Mac ou PC, entregando sempre a experiência mais adequada para cada plataforma.

E em uma novidade que soa, no mínimo, inusitada, a NVIDIA também anunciou uma integração com o Steam para que usuários possam acessar suas bibliotecas de jogos por meio da rede. A companhia não deu detalhes sobre como isso vai funcionar, mas disse que a ideia é permitir que os jogadores aproveitem os games que possuem independentemente da máquina utilizada para isso.

O acesso à Beta do GeForce Now é restrito, mas pode ser solicitado pelo site da NVIDIA. Por enquanto, não existe previsão de lançamento nem valores de assinatura para a plataforma, muito menos uma possibilidade de chegada ao Brasil.

Fonte: NVIDIA, The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.